Além de todos os seus Lumias com Windows Phone, a Nokia também investe bastante nos seus Asha, uma linha de dispositivos de baixo custo voltados para mercados emergentes. Hoje, durante a Nokia World, três novos Asha foram apresentados: conheça o 500, 502 e 503.

Como falamos anteriormente, em specs as diferenças são muito poucas. O Asha 500 tem a menor das telas (2,8 polegadas, enquanto os outros têm 3 polegadas) e câmera de apenas 2 megapixels, enquanto o 502 ganhou 5 megapixels para tirar fotos e flash LED. O Asha 503 seria o “high-end” da família, sendo o primeiro a usar o Asha Platform com suporte a redes 3G (nada de 4G, é claro).

SONY DSC

O sistema delas – Asha Platform – ganhou uns truquezinhos novos. A câmera agora é controlada por gestos: deslize o dedo da direita para esquerda para trocar entre fotografia, vídeo ou galeria. Tirando isso, é basicamente o mesmo sistema do Asha 500.

Mas os aparelhos ganharam uma novidade um tanto estranha por fora: além do seu acabamento de plástico (bem barato) imitando os Lumia, os novos Asha agora também tem um revestimento de plástico transparente. Ele não é removível.

SONY DSC

SONY DSC

Essa camada transparente deu a impressão de ser bem resistente, e provavelmente o aparelho consegue sobreviver a algumas quedas no chão. Mas ela é bem peculiar.

Poderíamos dizer que o 500, 502 e 503 são basicamente o 501 com a capa transparente, mas não é exatamente isso. A primeira camada da tampa traseira (a parte colorida) está um pouco diferente do modelo anterior, e em vez de ser retangular, ela agora é curvada. Mas a tampa transparente é retangular, o que dá aos novos Ashas a mesma pegada do seu irmão mais velho.

SONY DSC

Dos aparelhos anunciados hoje pela Nokia, apenas o 500 e o 503 podem chegar por aqui. Eles são voltados para mercados emergentes, afinal. Como Stephen Elop anunciou no palco da Nokia World, os dois smartphones baratos estão previstos para dar as caras na América Latina até o fim desse ano.

Se o preço no Brasil não ficar muito diferente do Asha 501 (que custa cerca de R$ 300), o 503 pode aparecer como uma alternativa interessante para quem quer as facilidades de um smartphone sem gastar muito. A assessoria da Nokia no Brasil não divulga nem disponibilidade, nem preço destes lançamentos no país.

SONY DSC

O Gizmodo Brasil viajou a Abu Dhabi a convite da Nokia.