[Hands-on] O smartphone da Motorola que sobrevive a quedas tem uma bateria enorme

Depois de uma dúzia de quedas, o Motorola Droid Turbo 2 permanecia inteiro, sem quebrar sua tela Quad HD de 5,4 polegadas.

Provavelmente foi a primeira vez que eu, como um repórter de gadgets, assisti executivos de uma empresa simplesmente derrubarem um smartphone de US$ 700 diversas vezes em um bloco maciço de concreto. Depois de uma dúzia de quedas, o Motorola Droid Turbo 2 permanecia inteiro, sem quebrar sua tela Quad HD de 5,4 polegadas.

Isso tudo é graças ao que a Motorola chama de ShatterShield: são cinco camadas de alumínio e vidro que permitem ao Droid Turbo 2 aguentar todo tipo de queda sem quebrar.

Tudo começa com um chassi de alumínio, para maior rigidez interna. Depois, temos o display AMOLED, uma camada dupla que registra os toques do seu dedo, uma lente interna flexível, e uma lente externa para proteção.

Isso não significa que o aparelho está completamente protegido. Depois de inspecionar um telefone que foi derrubado uma dúzia de vezes, havia arranhões pequenos, um arranhão profundo, e as bordas estavam bem sofridas – mas não havia rachaduras. Bem impressionante.

Tem mais: nos EUA, a tela e a lente da câmera estão cobertas por uma garantia contra quebras e rachaduras por quatro anos após a compra. Quatro anos! A Motorola lembra que riscos no vidro e outros danos não são cobertos pela garantia, assim como “danos ou abuso intencionais” – não vá atropelar seu smartphone nem algo do tipo.

Além disso, os componentes internos são cobertos por um revestimento nanométrico para protegê-los contra a água. Ele não é à prova d’água, mas consegue sobreviver a chuva, respingos e derramamentos acidentais.

O Droid Turbo 2 mantém a mesma linguagem de design que o novo Moto X Style, apenas substituindo as opções de materiais (nada de madeira aqui). Ele poderá ser personalizado através do Moto Maker.

A parte traseira se projeta um pouquinho mais do que o Moto X para fazer caber uma bateria maior de 3.760 mAh (!). Ela tem suporte a carregamento TurboPower, que fornece 13 horas de uso em apenas quinze minutos; e também a carregamento wireless Qi ou PMA.

A Motorola promete que a bateria dura até 48 horas de uso. Esta é uma promessa de dois dias de autonomia, mas tenha em mente que a empresa também disse algo semelhante no ano passado sobre o Droid Turbo, e que não chegou a se realizar.

Ele tem processador Snapdragon 810. Dado que fabricantes de smartphones vêm comentando sobre problemas de aquecimento, precisamos ver como ele funciona sob pressão. Temos também 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento expansíveis por microSD.

A câmera mantém o sensor de 21 megapixels que vimos no Moto X Style, junto a foco automático por detecção de fase, modo contínuo e vídeo 4K a 30fps. As poucas fotos que eu tirei pareciam brilhantes e vivas, mas eu estava em uma sala bem iluminada. Foi em pouca luz em que vimos alguns pontos fracos.

Quanto ao software, você recebe todos os apps adicionais da Motorola, incluindo uma assistente de voz sempre ativa, o Moto Display para ativar a tela com um aceno da mão, e Moto Assist para seu celular entender se você está no trabalho, em casa ou numa reunião, e fazer os ajustes necessários. Ele não roda Android Marshmallow, e não nos disseram quando ele virá ao Droid.

O Droid Turbo 2 se encaixa com o mais recente design da Motorola, o que pode ser bom ou ruim, dependendo da sua preferência. A tela parece incrível, a vida útil da bateria é louvável, e a câmera é no mínimo capaz.

E quando ele virá ao Brasil? Mais rápido do que você imagina. A Motorola convidou a imprensa para um evento nesta quinta-feira (29) às 9h30, e publicou um teaser do que está por vir – no caso, a versão internacional do Droid Turbo 2.

Rumores dizem que ela deve se chamar Moto X Force ou Moto Maxx 2. O Droid Turbo original é conhecido aqui como Moto Maxx. (A marca “Droid” pertence à Lucasfilm e é licenciada pela operadora americana Verizon, não pela Motorola.)

Qualquer que seja o nome, vamos testar a versão internacional do Droid Turbo 2 e traremos mais detalhes em breve.

Especificações – Motorola Droid Turbo 2

Tela: 5,4 polegadas AMOLED com 2560×1440 pixels (540 PPI)
Processador: Snapdragon 810
RAM: 3 GB
Armazenamento: 32GB/64GB + microSD de até 2 TB
Câmera: traseira de 21 megapixels com flash duplo, frontal de 5 megapixels com flash
Bateria: 3.760 mAh
Sistema operacional: Android 5.1.1 Lollipop
Dimensões: 149,8 mm x 78 mm x 9,2 mm
Peso: 169g

Sair da versão mobile