A operadora norte-americana Verizon apresentou hoje sua nova linha de smartphones Droid – são três aparelhos, o Droid MAXX, Droid Ultra e Droid Mini. E todos eles apostam em baterias de longa duração.

Hardware

Em primeiro lugar vamos falar do Droid MAXX, com tela de 5 polegadas. Ele é mais fino do que o modelo do ano passado (conhecido por aqui como RAZR MAXX) com ainda mais bateria. Ele custará, nos Estados Unidos, US$ 300. O modelo anterior tinha uma bateria que prometia 32 horas de duração, mas neste ano ela aumentou para 48 horas. Parece bem confortável ao segurar, e tem um acabamento suave ao toque na parte traseira. É rápido e fluido, e responde rapidamente aos toques feitos tela.

original (2)

O MAXX tira umas fotos muito boas, e bem rápido. E elas parecem ótimas com baixa luminosidade.


original (1)

O Droid Ultra é um smartphone 4G LTE. Ele custará US$ 200, tem tela de cinco polegadas em HD, câmera traseira de 10 megapixels e um acabamento brilhante vermelho ou preto. Ele tem 7,8mm de espessura, o que o torna o smartphone da linha Droid mais fino disponível. É leve e bastante similar ao MAXX em relação à performance, mas com uma bateria de 2150 mAh.


original

E por fim temos o Mini. Ele é basicamente um Querida, Encolhi o Droid Ultra – é bastante parecido mas em um pacote menor, com a mesma traseira brilhante. O modelo com tela de 4,3 polegadas custará US$ 100 e conta com o mesmo poder dos outros Droid, só que em tamanho reduzido. Atrativo para quem tem mãos pequenas.


Todos os novos Droids são 24% mais rápidos, com GPU mais rápida e o dobro de RAM em relação aos do ano passado. Como isso é possível? Graças ao sistema de processadores X8 da Motorola. Ele tem dois processadores para aplicações, quatro GPUs, um processador de linguagem natural, e um processador de motor contextual. Isso ajuda o smartphone a rodar coisas como notificações ativas e controle touchless, dos quais falaremos mais ainda neste post. Basicamente, o X8 permite que o smartphone rode com pouca energia e responda a pequenos gestos. É assim que você ganha recursos bem interessantes em um smartphone que tem uma bateria enorme.

original (3)


Os recursos

Eis os recursos interessantes que acompanham esses novos Droid. Em primeiro lugar está o Touchless Control, que é basicamente uma forma de usar seu smartphone sem usar as mãos, apenas com a voz. Você pode acordar recursos como o Google Now apenas com algumas palavras. É possível, por exemplo, falar “Ok, Google Now, chame meu Droid” para encontrar seu smartphone. E ele vai acender e fazer barulho para você ir atrás dele.

Também há o Quick Draw, que permite tirar fotos rapidamente ao balançar o pulso com o smartphone em mãos. Em nossos testes, o smartphone acordou e abriu a câmera rapidamente. Se quiser ver suas fotos, deslize para a direita. Se quiser acessar as configurações, deslize para a esquerda. É uma forma bem conveniente de usar a câmera do smartphone.

Talvez você tenha lido sobre esses recursos recentemente, certo? Sim, parece a mesma coisa que vai aparecer no Moto X, que vai ser anunciado na semana que vem.

Outro recurso notável é o Droid Zap, que permite o compartilhamento de fotos e vídeos com qualquer pessoa que estiver a 90 metros de distância. Tire uma foto e deslize para cima com dois dedos, e ela é enviada para seu amigo. Funcionou em menos de 10 segundos, e, se privacidade é uma preocupação para você, é possível proteger o que você está enviando com um código PIN.

original (4)

Cada smartphone conta com uma central de comando Droid, na qual você pode acessar seus apps, controlar dispositivos Miracast e headsets e speakers wireless. Pressione para expandir a central de comando, e você encontra um rápido resumo do clima e quanta bateria você tem disponível.

O Motorola Connect é outro recurso interessante nesses smartphones que sincroniza seu aparelho com o navegador Chrome. Assim, se seu smartphone estiver na sua mochila, e alguém ligar ou enviar uma mensagem, você receberá uma notificação no desktop.

original (5)

A nova linha também tem um jogo chamado Ingress pré-carregado. É basicamente um jogo de realidade aumentada que permite combinar marcos da vida real com imagens virtuais. Eis um vídeo dele em ação:

Além disso, a compra de um novo Droid garante uma assinatura de seis meses para o Google Play Music All Access – mas isso só é válido nos Estados Unidos.

Vale destacar que o smartphone da Motorola que mais vem fazendo barulho, o Moto X, não foi mostrado hoje. Ele vai ser apresentado no dia 1ºde agosto.

Todos os dispositivos vistos hoje serão lançados nos Estados Unidos no dia 20 de agosto. Entramos em contato com a assessoria da Motorola no Brasil para saber quando eles chegam por aqui e atualizaremos o post com as informações.