A nova TV OLED 3D da Sony, de 720p e com som surround 5.1 virtual, tem o equivalente a uma tela de 150 polegadas e custa US$800. Mas ela pesa menos que meio quilo. Isso é porque você a usa no seu rosto. É algo incrível para nerds, e você vai querer uma.

TVs pessoais são uniformemente toscas. Eu já experimentei várias, e todas – sério, todas – são uma experiência terrível, que faz você acreditar que o “futuro” imaginado pelas empresas é um lugar muito cretino. Até hoje, fora ver pornografia pesada em um avião, não conseguia imaginar um grande motivo para usar TVs no rosto. Aí eu experimentei a HMZ-T1.

Não só eu comprei o conceito de TV no rosto, como foi uma das melhores experiências com TV 3D que eu já tive (e eu sou cético quanto a TVs 3D também). Existe um motivo simples para as duas coisas: esta foi uma das experiências de entretenimento com mais imersão que eu já tive. Quando eu tentei jogar Gran Turismo, eu acabava virando a cabeça para os lados – o que não tem qualquer efeito na tela – o HMZ-T1 não tem acelerômetro ou algo do tipo. Foi apenas uma reação natural. Eu senti como se estivesse dentro do carro enquanto o pilotava, e estava olhando a pista como eu sempre faço na vida real. Quando vimos um filme em 3D, eu me encolhi um pouco enquanto tubarões nadavam na minha direção.

A imagem também é muito boa. Apesar de pequena, a tela à frente do seu olho parece ter 150 polegadas. Como são duas telas distintas, uma para cada olho, não há interferência entre as duas imagens simultâneas num filme 3D, e claro, não há necessidade de óculos com obturador ativo. É meio estranho usar este gadget no começo, mas você logo esquece que está usando – ou pelo menos esse foi o meu caso.

O que o HMZ-T1 faz muito bem é desaparecer. Ele é leve, com seus 420g. Ajustes no apoio do nariz permitem ajeitar a distância das telas e dos alto-falantes, para ele se assentar bem no seu rosto. Os alto-falantes sob o ouvido (e isso é impossível de exagerar) praticamente colocam você dentro do som. Este gadget faz mais que uma imersão, ele envolve você. Eu me sentia dentro do jogo.

Ele também tem um visual terrivelmente tosco. Nerd até o osso. Mas você não vai usar isto em público (ou assim espero) e você não vai ligar.

O grande porém? Ele custa US$800. É caro demais. Sim, a Sony está legal de novo, mas alguém consegue pagar por isso?

O HMZ-T1 estará disponível em outubro, e faremos um teste completo antes dele ir à venda.