Se o BlackBerry Z10 era mais ou menos como se a BlackBerry estivesse tentando criar um iPhone com o seu BB10, então o recém-anunciado Z30 seria um Galaxy S4 ou HTC One com o BB10. Após segurá-lo por alguns minutos, fiquei convencido de que é algo que eu não me importaria de segurar por mais alguns minutos.

Ok, então vivemos em um mundo de phablets repleto de Galaxy Notes e Galaxy Megas, e, em comparação, a tela de 5 polegadas do Z30 não é tão grande Mas a BlackBerry claramente está respondendo à tendência de smartphones maiores, o que não é algo pequeno considerando que os BlackBerries não costumam ser grandes. Eis ele próximo ao Galaxy Nexus – o tamanho dele parece bem natural.

ku-xlarge (12)

Eu usei o aparelho dentro dos novos cases da empresa que substituem o painel traseiro em vez de ficar por cima dele. Mas mesmo com esse peso extra, o smartphone parecia leve e fino. De imediato, a lateral prateada do Z30 me lembrou um pouco o HTC One, e a tela 1280×720 mostrava as familiares e saturadas cores AMOLED.

Havia alguns meses desde a última vez que eu tinha usado o BB10, então precisei de alguns minutos para lembrar de todos os gestos, mas assim que estava pronto, ficou claro que a plataforma pode ser escalada para telas maiores com facilidade. O desempenho do smartphone no Snapdragon S4 de 1,7GHz era muito bom e rápido conforme mudava entre as telas iniciais e abria apps.

ku-xlarge (13)

Quando ficamos sabendo do Z10 no começo do ano, o BB10 parecia ótimo por fora, mas suas limitações se revelavam com o tempo. Vamos reservar nosso julgamento até termos a chance de conferir possíveis falhas nele. Mas mesmo que ele seja fantástico, o Z30 disputará uma batalha contra a percepção geral do público de que BlackBerry é algo ultrapassado.

O smartphone será lançado “antes das festas de fim de ano” na operadora Verizon, nos EUA, de acordo com representantes da BlackBerry.