Finalmente! Engenheiros da Arx Pax publicaram um vídeo que mostra um hoverboard de De Volta Para o Futuro real! E ele funciona! E eles abriram uma campanha no Kickstarter para levantar fundos para financiar o projeto! Mas, por mais que tudo seja bastante animador, sempre é bom manter um pouco de ceticismo. Vamos, em primeiro lugar, falar das coisas boas.

1d2cf09e8d9c5a23ce9bd1db04427645_large

O que é

Segundo Greg e Jill Henderson, da Arx Pax, este é o 18º protótipo do Hendo Hoverboard, então as coisas devem estar bastante avançadas. Ele aguenta o peso de um ser humano, e não flutua em qualquer superfície – ele exige chão de metal para funcionar.

Ele usa quatro motores em formato de disco para flutuar – eles criam um campo magnético especial que faz a prancha não tocar o chão.


Eis o que diz a própria empresa:

Então onde o hoverboard HENDO fica hoje? Bem, a cerca de 2,5cm do chão. Como você pode ver no vídeo acima, o protótipo é real e funciona. Mas ver o hover pessoalmente e, melhor ainda, desafiando a gravidade, é algo que você precisa experimentar por conta própria.

Com apoio da comunidade do Kickstarter, nós todos poderemos. Precisamos da sua ajuda para dar os toques finais no Hendo Hoverboard, para nos ajudar a produzi-lo, e para criar lugares para passear com ele.

Sim, eles querem criar parques especiais para os hoverboards:

Parques especiais para o Hendo Hoverboard

E enquanto o Hendo Hover não estiver pronto, eles vão lançar um kit de desenvolvedor chamado Whitebox+, um dispositivo flutuante que pode ser controlado via iPhone ou Android e oferece “12 a 15 minutos de flutuação com um tempo de recarga de 2 horas”. Parece fantástico!

qohdjpfzq2asxwhh5mdb

Por que não se animar muito

Ok, ok, tudo parece fantástico. Aquele futuro que nos prometem desde os anos 80 com hoverboards espalhados pelo mundo enfim parece estar chegando. Mas, como sempre, é bom se manter um pouco cético. O projeto da Arx Pax é bem bacana, mas tem algumas falhas que podem comprometer o resultado final.

lnayiisbpmc4nylhpgy5

Para começar, a bateria dura apenas “alguns minutos”, o dispositivo é difícil de controlar, segundo o The New York Times, e incrivelmente barulhento – o The Verge comparou o seu barulho com algo entre um “grito estridente” e uma “cacofonia de gritos”.

O New York Times também destaca que o objetivo da Arx Pax não é exatamente promover o hoverboard, e sim a tecnologia por trás ele:

O plano de negócio é para desenvolver tecnologias magnéticas e licenciar patentes para construtoras, empresas de engenharia, o Duende Verde e qualquer outra pessoa que precise fazer algo pairar.

O senhor Henderson pode ser um sonhador, mas ele é realista o bastante para entender que as pessoas provavelmente estão mais interessadas em skates flutuantes do que nessas ideias de novos tipos de construções.

Então a ideia é boa, mas há muitos obstáculos até que de fato ele se torne o hoverboard que tanto sonhamos. Se você quiser ser um dos primeiros do mundo a possuir um – mesmo que não tenha muita ideia de onde poderá usá-lo – pode fazer a oferta máxima na campanha do Kickstarter e, por apenas US$ 10.000, será um dos 10 felizes proprietário do dispositivo.

Imagem de topo via New York Times