Sim, eu considero Speers uma pessoa tão ruim que eu tive que aprender uma palavra em Klingon só para descrevê-lo. Fico estarrecida ao ver que o homem realmente parece genuinamente orgulhoso da sua grande realização acadêmica.

Eu estava interessado na questão de saber se o meu filho seria capaz de aprender [Klingon] como se fosse um idioma humano qualquer enquanto passava pelo seu primeiro processo de aquisição de idioma. Ele estava definitivamente começando a aprender.

Legal o interesse dele em entender aprender como os idiomas são aprendidos, mas será mesmo que ele não considerou os possíveis danos ao desenvolvimento social do seu filho? Sou super a favor de ensinar idiomas estrangeiros para as crianças, mas precisam ser idiomas falados neste planeta. [Citypages via Geekologie]