Uma concessionária Chevrolet no Texas acabou de aceitar a troca de um Bugatti Veyron rubro-negro, que vale aproximadamente US$1,6 milhão, por um Corvette ZR1 de US$100.000. A gente sabe que o mais feroz dos ‘Vettes não deixa nada a dever pros melhores do mundo, mas isso é ridículo! Fotos exclusivas e detalhes a seguir.

A All American Chevrolet de Midland, Texas conseguiu o verdadeiro negócio da China, aceitou o Bugatti Veyron 2008 com apenas 32.681 km rodados em troca de um americaníssimo Corvette ZR1 e uma quantia em dinheiro. Já que um Veyron novo vale cerca de US$1,6 milhão, e uma unidade usada custa entre 1,4 e 3,6 milhões de dólares, dependendo do estado, equipamentos e raridade, a concessionária disse que não aceitaria a troca enquanto não encontrasse um comprador, o que acabou acontecendo. Um Corvette ZR1 novo, para efeito de comparação, custa a partir de US$107.000.

E enquanto o Corvette ZR1 humildemente faz de 0 a 100 em 3,3 segundos, com velocidade máxima de 330 km/h, contra uma máxima de 407 km/h e 2,4 segundos no 0-100 do carro europeu, o custo pra manter um ZR1 não é maior que o de um jatinho particular. Vitória para o time da casa nesse quesito, já que manter o Bugatti certamente custa mais. Além disso, o Bugatti não carrega o orgulho – para eles – de ser um verdadeiro supercarro made in USA.

O Bugatti trocado pertencia a Carlton Beal, Jr., dono de uma companhia petrolífera na região. Ele já teve um Lamborghini Diablo e um McLaren F1, mas, acredite se quiser, um amigo o descreve como uma “pessoa incrível e pé-no-chão.” A gente acredita que se você é um norte-americano que experimentou um Veyron, um Diablo e um F1, pode muito bem estar interessado em provar um exemplar local que pode competir com eles. [All American Chevrolet]

por Matt Hardigree