A plateia ficou animada na Califórnia nesta segunda-feira (5), quando a Apple anunciou o HomePod, o novo alto-falante inteligente alimentado pela Siri, assistente virtual da empresa. Alguns minutos depois, uma imagem do produto apareceu no site da Apple, e, bem, se parece demais com o HAL 9000, de 2001: Uma Odisseia no Espaço. A Apple está de brincadeira?

• O novo HomePod da Apple é bonito pra caramba
• Nova Siri soa mais humana e faz traduções simultâneas em voz alta

A semelhança é quase muito estranha. Claro, o novo HomePod não vai parecer um olho que tudo vê de uma inteligência artificial maligna. Normalmente, ele se parece com um alto-falante bonitão, como deveria. Ainda assim, a imagem promocional no site da Apple Store mostra uma visão de cima do speaker, revelando as coloridas ondas da Siri no centro. A empresa diz que essa imagem dinâmica “aparece no topo para indicar quando a Siri é acionada” e que a superfície oferece “controles touch integrados que também permitem uma fácil navegação”. Em outras palavras, esta esfera brilhante responde quando você está falando com ela, assim como HAL 9000.

homepod-hal

É praticamente impossível imaginar que a Apple ignorou a semelhança entre esse ângulo do HomePod e a inteligência artificial assassina do filme de Stanley Kubrick. Não seria nem a primeira vez que a Apple lembrou do HAL. Lá em 2011, quando a companhia lançou a Siri, você poderia citar parte do filme para a assistente virtual no trecho em que o astronauta pede “abra as portas, HAL” e ela às vezes responderia: “Nós, agentes inteligentes, nunca superaremos este incidente, ao que parece”. Outras vezes, a Siri citava HAL e dizia: “Sinto muito, Adam, receio que eu não posso fazer isso”. É bem engraçado porque é nesse ponto do filme que o protagonista percebe que o robô está tentando matá-lo.

Brincadeiras à parte, a referência visual ao HAL 9000 nos lembra que a Apple quer instalar inteligências artificiais e microfones nas casas ao redor do mundo. De acordo com a companhia, o HomePod somente envia os áudios para seus servidores depois que você diz “Hey Siri”, e, mesmo assim, os dados são criptografados. No entanto, não está claro a quantidade de dados de comportamento que a Apple está gravando e armazenando nas últimas atualizações da assistente, embora eles digam que os dados são armazenados localmente nos dispositivos.

O seu HomePod não deve ficar fora de controle, trancar todas as portas e se recusar a ligar as luzes. Mas, se você assistiu a 2001, você sabe que inteligências artificiais podem desenvolver um pensamento próprio.

Imagem do topo: Apple / Gizmodo