Em um estande compartilhado com outras marcas, quase escondido no meio da IFA, a HTC mostrou seu novo Desire X, um mid-range com elementos da linha One.

O aparelho é bem leve, e a textura na traseira o deixa firme na mão. Há uma textura diferente e metálica ao redor da câmera de 5MP com flash, talvez para avisar que você não deveria por o dedo aí.



O Desire X tem 9,69mm de espessura, mas parece um pouco mais fino devido às bordas curvas. O design me lembra um pouco o Nokia Lumia 610, por causa das duas superfícies ao redor da tela: uma de alumínio, e outra de plástico. Mas como ambos têm acabamento fosco, ele não parece barato como o 610.

E eu gostei especialmente do botão de trava grande, que fica na parte superior, e que você acerta facilmente com o dedo indicador. Este, mais os controles de volume, são os únicos botões ao redor do aparelho.

Apesar da resolução 480×800, a tela de 4″ agrada aos olhos, provavelmente por usar a tecnologia SLCD presente no também mid-range HTC One S.

Na frente, você também encontra os botões padrão do Ice Cream Sandwich, mas com uma boa adaptação presente no HTC Sense: o Desire X possui um botão de multitarefa, que exibe os apps recentes. Mas, se você estava acostumado com o botão Menu, é possível usar o botão de multitarefa como função Menu: basta segurá-lo por dois segundos. (Isto também existe em outros aparelhos da HTC.)

É difícil julgar o desempenho apenas pelo hands-on, mas ele não reagiu tão rápido em alguns casos, como no teste básico de navegar pelos ícones dos apps instalados, ou ao usar o widget de fotos para visualizá-las na tela inicial. O aparelho que usei inicialmente estava em “modo demonstração” (sempre abrindo um app da HTC e recarregando as telas iniciais), o que poderia deixá-lo mais lento. Mas encontrei o Desire X em outro lugar, no hall da Vodafone, onde ele estava rodando normalmente – e as mesmas arestas de performance voltaram a incomodar. O Desire X possui chip Snapdragon dual-core de 1 GHz, 768 MB de RAM e roda Ice Cream Sandwich com HTC Sense.

A HTC deve lançar o Desire X em setembro, mas infelizmente não no Brasil.