Em menos de 24 horas, a HTC mudou completamente sua postura em relação ao Desire depois da pressão dos consumidores (nós supomos), anunciando via sua página do Facebook no Reino Unido que “ao contrário do que dissemos anteriormente, nós iremos levar o Gingerbread para o HTC Desire.” Ótima notícia para os donos do smartphone que já tem um ano de idade, apesar de que isso nos deixou pensando: o que eles vão fazer para diminuir a UI do Sense?

Isso também mostra que os fabricantes de celulares Android estão ouvindo as reclamações dos consumidores – como aconteceu aqui no Brasil com a Motorola e o #motofail – e, aparentemente, isso está fazendo com que eles mudem cada vez mais rápido sua postura quanto a atualizações. Só esperamos que da próxima vez não seja preciso xingar tanto no Twitter. [Facebook]