Depois do fim da saída para fones, das câmeras duplas (triplas e quádruplas) e do entalhe na tela, parece que a nova tendência entre fabricantes de smartphones é a tela dobrável. A mais nova a entrar na lista de futuros lançamentos é a Huawei.

O convite publicado para a apresentação da marca no Mobile World Congress, que acontece em Barcelona, deixa claro que um aparelho flexível será apresentado. Além disso, segundo o Verge, o celular deverá ter conexão 5G. Por enquanto, esse suporte é inútil pois nenhuma rede está preparada para a tecnologia, mas é outra tendência que vem ganhando força — fala-se até em uma versão comemorativa do Samsung Galaxy S10 que teria compatibilidade com o padrão.

Os rumores de que a empresa chinesa estaria preparando um telefone dobrável existem desde meados de 2018 — inclusive, ele deveria ser lançado antes do modelo de tela flexível da Samsung, que deve aparecer no evento Unpacked 2019 em 20 de fevereiro.

Além de Samsung e Huawei, a Xiaomi também parece estar preparando um aparelho com a mesma ideia — ela, inclusive, mostrou um conceito bem bacana recentemente, uma espécie de tablet que dobra as extremidades para diminuir a tela e se “transformar” em smartphone. Já a LG parece tomar outro caminho: rumores indicam que seu G8 terá uma tela extra acoplável ao aparelho.

O único smartphone com tela dobrável até agora no mercado, no entanto, é o Royole FlexPai, que não funciona tão bem assim. Tomara que esses próximos aparelhos sejam melhores. Não que sair por aí com um tablet dobrado no bolso seja um sonho, mas vai, até que é uma ideia bacana.

[The Verge]