Humanos não conseguem andar em linha reta. Se não há um ponto fixo de referência, nós só andamos em círculos e inevitavelmente nos perdemos. Ninguém sabe o motivo, mas os pesquisadores do Instituto de Biologia Cibernética Max Planck confirmaram nosso estranho ato em vários testes.

Se você andar ou navegar com os olhos vendados, ou no meio de uma neblina espessa, sem estrelas para te guiar, você não conseguirá manter uma linha reta. Não importa o quanto você tente, você acabará andando em círculos porque, por alguma razão misteriosa, humanos têm a tendência de pender mais para um lado do que para o outro. Alguns especulam que o efeito acontece porque um lado do cérebro está dominando o outro. Outros dizem que a razão pode ser puramente mecânica, já que uma de nossas pernas é sempre um pouco menor do que a outra. Mas, de acordo com os resultados do estudo, nenhuma dessas teorias explica esse comportamento único. Até agora, não há uma explicação única e, na realidade, ela pode ser uma combinação de vários fatores.

Seja lá o que for, não entre numa mata fechada à noite sem uma bussola – sim, bussola, dane-se os GPS. [NPR e Max Planck Campus Tübingen]