Esta semana, pesquisadores da IBM anunciaram uma nova descoberta que pode levar a plásticos feitos de plantas em vez de petróleo. O novo plástico será mais energeticamente eficiente, mais versátil e infinitamente reciclável (até nos mudarmos para as nossas colônias espaciais).

A descoberta foi feita no Centro de Pesquisas Almaden da IBM, na Califórnia, em cooperação com cientistas da Universidade de Stanford. O press release da IBM usa praticamente todas as palavras-chaves do ecologicamente correto e faz parecer realmente importante:

Esta descoberta e nova abordagem de usar catalisadores orgânicos pode nos levar moléculas biodegradáveis bem definidas, feitas a partir de recursos renováveis, com responsabilidade perante o meio ambiente.

Tudo bem, mas o que isso tudo significa? Basicamente, que os cientistas descobriram como fazer novos plásticos orgânicos, que podem ser produzidos sustentavelmente e funcionam com mais versatilidade.

Bônus: a mesma descoberta também vai nos permitir reciclar nossos plásticos atuais mais de uma vez, possivelmente livrando nossos futuros Wall-es de ter que ficar espremendo nosso lixo baseado em petróleo por toda a eternidade. [Yahoo]