Tão improvável quanto um iTunes para Android, talvez seja uma versão do iMessage para o sistema do Google. Mas não é que apareceu um app com essa promessa no Google Play (não baixe, continue lendo!) e que, mais que isso, funciona? Antes de correr para lá, acalme-se: há sérios questionamentos relacionados à segurança e privacidade no iMessage extra-oficial do Android.

O app foi criado por um desenvolvedor chamado Zengyi. Alguns usuários que testaram o iMessage para Android disseram que ele de fato funciona! Outros poucos, mais atentos, decidiram investigar e descobriram algumas coisas preocupantes.



Adam Bell descobriu que o app se disfarça de Mac mini para conversar com os servidores da Apple. Já Jay Freeman, criador do Cydia, notou que o app direciona todas as comunicações com os servidores da Apple para um outro, localizado na China. Steven Troughton-Smith, por sua vez, identificou um problema ainda mais grave: o app é capaz de baixar e instalar outros apps em segundo plano, sem o conhecimento do usuário.

O TechCrunch entrou em contato com o desenvolvedor Zengyi — a página na Play Store indica um tal de Daniel Zweigart como desenvolvedor, mas segundo Zengyi, Daniel apenas emprestou sua conta no Google para que ele publicasse o app.

Zengyi explicou que o servidor chinês e as permissões exageradas do app são medidas necessárias para “garantir que a mensagem possa ser recebida em qualquer horário.” Ele disse também que está trabalhando em uma atualização que dispensará o servidor, realizando todo esse suposto processamento de dados localmente. E garantiu: “Ele [o app] é totalmente gratuito, e não tem qualquer tipo de malware ou anúncio.” Ele também criou um perfil no Twitter para debater questionamentos sobre seu app e divulgar novidades.

Você pode acreditar no Zengyi, mas o mais prudente mesmo é ignorar esse iMessage e de duas, uma: ou convencer seus amigos com iPhone a usarem um app multiplataforma (WhatsApp, Line, Facebook Messenger), ou comprar um iPhone. E, poxa, visual do iOS 6? [9to5Mac, TechCrunch]