Um incêndio na fábrica da Shengrui Electronic Technology, uma das principais fornecedoras da Apple na China, causou a morte de oito pessoas na última quinta-feira (22). Das vítimas, seis eram civis e as outras duas bombeiros que ajudavam a conter as chamas. As informações são do jornal South China Morning Post.

O acidente ocorreu por volta das 13h30 no horário local (2h30 da manhã em Brasília), e o fogo só foi contido quase um dia depois, na manhã da sexta-feira passada (23). De acordo com autoridades locais, todo o edifício da companhia foi atingido pelo incêndio, que demandou uma operação com mais de 900 bombeiros, 123 viaturas e oito robôs na tentativa de cessar o fogo.

As causas do incêndio ainda são desconhecidas. O que foi divulgado pelo corpo de bombeiros é que este foi um acidente “muito violento” e que as chamas não liberaram substâncias nocivas no ar. Como a fábrica é responsável pela fabricação de conectores, adaptadores e portas para dispositivos da Apple (entre eles Macs, iPads e iPhones), havia essa preocupação — que já foi descartada.

A Apple ainda não se manifestou oficialmente sobre o assunto. Também não foram calculados os prejuízos, nem se o incêndio em questão vai afetar a produção global de acessórios e dispositivos da Apple.

Assine a newsletter do Gizmodo

A Shengrui Electronic Technology é uma subsidiária do Casetek Group, que produz carcaças para Macbook e iPads. O grupo, por sua vez, também é um subsidiário, mas este sendo da Pegatron, que recentemente investiu US$ 14 milhões para construir uma fábrica para produção de iPhones em Chennai, na Índia.

[South China Morning Post, Apple Insider]