O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) revelou nesta quarta-feira (10) as primeiras imagens capturadas pelo satélite Amazônia-1, lançado no final de fevereiro. Em seu site, o órgão divulgou cinco imagens e dois vídeos de processamento.

As cinco imagens estáticas mostram as regiões metropolitanas de São Paulo e do Rio de Janeiro, o município de Ibotirama e o reservatório de Sobradinho, ao longo do rio São Francisco, na Bahia, e uma reserva legal da floresta amazônica na Bolívia. Três delas mostram cores verdadeiras, e duas, composições coloridas.

Vale dizer que estas ainda são imagens de testes. Segundo o site do Inpe, ainda é necessário terminar a fase de colocação do satélite em sua órbita nominal, o que deve ocorrer até o dia 15 de março, e realizar a fase de comissionamento da câmera WFI do equipamento, o que deve levar dois meses. Só então o Amazônia-1 será considerado operacional e compartilhará as imagens que capturar com a comunidade de usuários.

Assine a newsletter do Gizmodo

O Amazônia-1 foi lançado da Índia em 28 de fevereiro. Ele é o primeiro satélite desenvolvido totalmente no Brasil — dois modelos anteriores foram feitos em parceria com a China. Logo após o lançamento, dois rastreadores, um dos EUA e outro da Itália, avisaram que o satélite estava fora de controle dias depois, mas o Inpe diz que a situação já foi resolvida. Quando estiver operacional, o equipamento ajudará a rastrear o desmatamento na Amazônia.

[Inpe via Folha]