O Instagram quer mesmo ser a rede social menos tóxica (pelo menos entre as principais). A plataforma anunciou que a partir de agora todos os usuários irão ver um aviso antes de publicar algo que possa ser ofensivo.

A empresa anunciou em um seu blog nesta segunda-feira (16), que começou a liberar a ferramenta que informa as pessoas que sua legenda “pode ser considerada ofensiva”, em um esforço para incentivar os usuários “a parar e reconsiderar suas palavras antes de publicar.”

A funcionalidade usa inteligência artificial para detectar linguagem similar a frases e palavras que foram reportadas como ofensivas. Quando percebe legendas “potencialmente ofensivas”, a pessoa que está digitando irá ver uma janela que dá a elas a opção de “editar a legenda”, “saber mais” ou “compartilhar mesmo assim”. Ou seja, a ferramenta não censura os usuários, só avisa que eles estão sendo babacas.

No anúncio, o Instagram disse que o recurso tem como objetivo reduzir o bullying na plataforma, e que é uma extensão de uma ferramenta lançada em julho que notifica os usuários se seus comentários poderiam ser ofensivos. Na época, o Instagram escreveu que a “intervenção dá às pessoas a chance de refletir e desfazer seus comentários e evita que o destinatário receba a notificação de comentários prejudiciais.”

O Instagram alega que os resultados de sua intervenção foram “promissores”, já que a mensagem encorajou os usuários a “reconsiderar suas palavras quando lhes foi dada uma chance.”

Esse recurso segue também uma ferramenta chamada “Restringir”, lançada em outubro. A atualização permitiu que os usuários ocultasse qualquer pessoa que quisessem, para evitar ver comentários de pessoas que pudessem intimidá-las ou publicar comentários ofensivos.

A rede social disse que a nova ferramenta de alerta de legendas será lançada nesta segunda para alguns países, e se expandirá pelo mundo nos próximos meses.