Aconteceu com o Facebook e mais recentemente com o Twitter. A próxima rede a ter seu feed regido por algoritmos é o Instagram, e isso está fazendo com que usuários da plataforma publiquem posts dizendo para seus seguidores ativarem o mecanismo de notificações, pois eles acreditam que as publicações não vão mais aparecer para você. Oficialmente, o Facebook diz que os posts não sumirão, mas aparecerão em uma ordem diferente.

Geralmente, os posts falam da mudança no Instagram e contêm uma seta para o lado direito superior, onde é possível ativar para receber notificações a cada postagem feita por uma pessoa. Alguns exemplos abaixo:

IMG_3145


Precisamos ir com um pouco mais de calma nesse assunto. O Instagram anunciou em 15 de março que está testando uma reordenação do feed, na qual as publicações não aparecerão necessariamente em ordem cronológica, mas por relevância. A funcionalidade está em fase de testes e a única coisa certa que sabemos é que ela deve chegar a todos os usuários nos próximos meses.

Ok, mas se não sabemos quando vai começar essa mudança, então por que as pessoas estão postando esses avisos? É uma boa pergunta. A possibilidade mais crível tem relação com rumores de que o Instagram ativaria esse novo feed ainda nesta semana. Os boatos foram negados pela própria companhia, que tuitou o que segue abaixo:

“Estamos ouvindo e assegurando a vocês que não vamos mudar seu feed agora. Prometemos informá-los quando liberarmos [o recurso] para todos”

Durante o anúncio no início de março, o Instagram disse que os usuários não veem em média 70% dos posts de seus amigos, então você estaria perdendo um monte de coisas potencialmente interessantes. Logo, dificilmente o Instagram esconderá fotos de pessoas com as quais você interage frequentemente. Seria um grande tiro no pé.

Ao reparar nos perfis que estão pedindo para seus seguidores ativarem as notificações, notamos um padrão: geralmente, gente que tem uma grande base e pessoas que não usam a rede apenas para mostrar aquela paisagem cheia de filtros, mas que faturam com o Instagram. Para meros mortais, acredito que não haverá tanto efeito.

Após toda a choradeira nas redes sociais, talvez o Instagram decida lançar o recurso com alguma espécie de opt-out, como ocorre com o Facebook (que permite mostrar os posts mais recentes) e o Twitter (que permite desligar a opção “mostrar os melhores tuítes primeiro”).

A nós, só resta esperar quando isso mudará, de fato, no Instagram, pegar uma pipoca e ver a confusão que vai ser.

Atualizado às 13h de 29/03.

[The Verge e BuzzFeed]

Imagem do topo: AP Photo/Karly Domb Sadof