Não é segredo para ninguém que a Intel tem trabalhado em uma nova linha de GPUs para desktops e laptops. E nesta segunda-feira (17), a companhia anunciou como se chamará a nova marca que cobre todos os próximos produtos gráficos de ponta da empresa: Intel Arc.

Embora detalhes específicos permaneçam escassos, a Intel disse em comunicado à imprensa que o primeiro produto da família Arc tem o codinome “Alchemist”, e que o primeiro lote de produtos dessa nova linha deve chegar em algum momento do primeiro trimestre de 2022.

Anteriormente chamada de “DG2”, a linha Alchemist é construída na microarquitetura XE HPG da Intel, e inclui suporte para ray-tracing baseado em hardware e super-amostragem alimentada por inteligência artificial, além de compatibilidade total com DirectX 12. Por enquanto, a Intel não foi muito específica quando se trata de métricas reais de desempenho, mas a fabricante prometeu fornecer mais detalhes até o final de 2021.

Independentemente disso, a Intel deve entrar em um negócio de gigantes dominado por empresas como AMD e Nvidia, especialistas na produção de placas gráficas voltadas especificamente para jogos ou tarefas mais pesadas. A Intel já tem experiencia na fabricação de chips de computadores, então não seria estranho se a companhia alcançasse rapidamente a terceira posição nesse segmento.

Além de GPUs e hardware para jogos, a Intel afirma que a marca Arc também abrangerá software e serviços. A longo prazo, o objetivo da empresa é fornecer “games sem atrito e com experiências de criação de conteúdo para jogadores e criadores em todo o mundo”.

“Hoje é um momento chave na jornada gráfica que começamos há apenas alguns anos. O lançamento da marca Intel Arc e a revelação das futuras gerações de hardware significam o profundo e contínuo compromisso da Intel com jogadores e criadores em todos os lugares. Temos equipes fazendo um trabalho incrível para garantir que proporcionemos experiências de primeira classe e sem atrito quando esses produtos estiverem disponíveis no início do próximo ano”, comentou Roger Chandler, vice-presidente e gerente geral de produtos gráficos da Intel.

Olhando para o futuro, parece que a Intel está contando com um esquema de nomenclatura alfabética para as gerações futuras do Arc, semelhante ao que o Google fez para as versões anteriores do Android. Só que, em vez de sobremesas (como era com o Android Pie, Gingerbread e por aí vai), a intel está apostando em conceitos de jogos de fantasia, começando com Alchemist. Na sequência virão as famílias Battlemage, Celestial e Druid.

Assine a newsletter do Gizmodo

Os produtos Arc da Intel já chegam com um grande desafio pela frente: a escassez global de chips. Logo, planejar um lançamento para o primeiro trimestre de 2022, sem dúvida, será algo desafiador para a fabricante de chips, uma vez que especialistas apontam para o início de uma recuperação no setor de componentes para o segundo semestre do ano que vem.