A tecnologia 5G pode estar chegando aos produtos Apple já em 2020, segundo uma reportagem recente. A Fast Company escreveu nesta semana que “uma fonte familiarizada com os planos da Apple” disse que uma linha de iPhones usando o chip modem 8161 5G, da Intel, é planejada para lançamento em 2020 e que a Intel está desenvolvendo um chip precursor chamado 8060, para testes. Ainda assim, o site acrescentou que nem tudo vai bem no processo de desenvolvimento, particularmente com o nível de calor gerado pelo processamento de sinais de ondas milimétricas:

Muitas operadoras sem fio, incluindo a Verizon e a AT&T nos EUA, inicialmente contarão com o espectro de ondas milimétricas (entre 30 GHz e 300 GHz) para conectar os primeiros telefones 5G. Mas sinais de ondas milimétricas exigem bastante trabalho dos chips modernos, explica nossa fonte. Isso causa a liberação de níveis de energia térmica acima do normal dentro do dispositivo — tanto que o calor pode ser sentido do lado de fora do telefone.

O problema também afeta a duração da bateria. O calor gerado por um componente do dispositivo é sempre convertido a partir da eletricidade armazenada na bateria.

Fast Company acrescentou que sua fonte disse que a Apple não está contente com o progresso da Intel em resolver esse problema de geração de calor, embora não descontente o suficiente para que a companhia “reiniciasse conversas com a Qualcomm sobre o fornecimento de modems 5G” (Apple e Qualcomm estão presas em uma batalha legal há algum tempo, então isso não é nenhuma surpresa). No entanto, a Apple entrou em contato com outra fornecedora chamada MediaTek, embora isso pareça mais um plano de contingência caso a parceria com a Intel não dê certo.

• Os melhores apps da semana para iPad e iPhone

A Apple já recebeu a permissão da Comissão Federal de Comunicações dos EUA para testar tecnologia no espectro de ondas milimétricas, e houve relatos de que a empresa abandonará os chips Bluetooth e Wi-Fi da Intel nas futuras linhas de iPhones. Entretanto, como apontou a Fast Company, os mais recentes modelos da gigante da tecnologia usam exclusivamente modems Intel, e a reportagem do veículo sugere que a Apple e seu CEO, Tim Cook, não estão planejando cortar a Intel de sua cadeia de fornecimento a curto prazo.

Diversos fabricantes estão se apressando para preparar dispositivos 5G, embora o padrão só tenha sido finalizado em 2018 e as empresas de telecom devam levar alguns anos para implementá-lo completamente. Como escreveu a Fast Company, o Mobile World Congress de fevereiro de 2019 deve ver vários lançamentos de dispositivos 5G. Portanto, a data de 2020, quando as empresas de telecom terão tido um ano inteiro para se atualizar, parece certa para a Apple se juntar à tecnologia.

[Fast Company via The Verge]

Siga o Gizmodo Brasil no Instagram

Imagem do topo: Getty