De acordo com a reportagem do Times, o britânico de Liverpool ficou com medo de ser processado pela Apple caso ele ou a sua filha acabassem falando a respeito do incidente, mesmo sem querer.

Tudo começou mês passado, quando o homem ouviu um "chiado" e pensou estar vendo um pouco de fumaça saindo do iPod Touch da sua filha de 11 anos, logo após ele ter sido deixado cair no chão. Ele jogou o iPod pela porta dos fundos da sua casa e "dentro de 30 segundos houve um barulho, muita fumaça e ele voou a três metros de altura". [The Times]