Os carrinhos do Google Street View gostam de capturar pessoas fazendo coisas insólitas nas ruas. Algumas das figuras até curtem se mostrar – homens taradões sem cuecas já apareceram no mapa. Mas o Google foi recentemente processado no Japão porque uma mulher reclamou que o Street View permitiu que todo mundo visse as calcinhas dela. No varal.

A mulher ficou tão transtornada em ver suas calcinhas no varal ao checar o mapa online que se demitiu e mudou-se. Ela até achou que as imagens queriam dizer que ela era seria alvo de crimes sexuais e tarados em geral.

Sim, parece meio maluco, mas pelo menos o valor da indenização é de algo em torno de US$ 7 mil. Se ela ganhar, espero que ela compre alguma coisa para melhorar sua confiança e auto-estima. Calcinha fio-dental, talvez? [CNETa imagem do post é meramente ilustrativa]