O que há de diferente nos trajes que Jeff Bezos e sua equipe de tripulantes usaram na viagem desta terça-feira (20)? Como quem vai — ou pode ir — ao espaço rotineiramente, ex-CEO da Amazon disse ao programa Today, da NBC, que não precisaria de muito para viajar os 118 quilômetros da Terra até o espaço.

Macacões azuis, com a inicial e o sobrenome dos viajantes, e um acabamento com o nome da Blue Origin estampado, o traje mais parece uma roupa de um piloto de fórmula 1, sem aquele capacete. Além disso, uma bandeira do país de origem dos tripulantes estava estampada no braço; para os irmãos Bezos e a comandante Wally Funk, a bandeira dos EUA; para o holandês, Oliver Daemen, a bandeira da Holanda.

Em uma publicação no Instagram, Bezos disse que “é bom estar no uniforme de voo”. O traje tem um emblema gigante da Blue Origin estampado no peito e a frase destacando o feito de “primeiro voo de humanos” — civis, no caso.

Imagem: Blue Origin (Twitter)

Na competição de “melhores trajes para o espaço”, Richard Branson, que voou semana passada no foguete da Virgin Galactic, optou por um azul mais escuro, comparado ao azul de Bezos. O design foi feito pela Under Armour, que deixou também em evidência o logotipo onipresente da empresa.

Assine a newsletter do Gizmodo

Se você acha que parou por aqui, espere até saber que outro bilionário está na disputa. Elon Musk, da Tesla, contratou o figurinista Jose Fernandez, que produziu trajes para Batman vs Superman, Quarteto Fantástico, Vingadores e X-Men II para criar um traje que passasse a “elegância de um terno” e que foi usada por astronautas que voaram na nave Crew Dragon da SpaceX.

[New York Times]