De acordo com um novo estudo do neurocientista Richard Haier, jogar Tetris deixa seu cérebro mais eficiente, pois ajuda a desenvolver partes do cérebro. Na verdade, de acordo com Haier, qualquer "tarefa visual-espacial desafiadora" afeta seu cérebro.

Esta é a segunda parte do estudo. A primeira parte, de 1992, mostrou como algumas partes do cérebro usavam menos glicose à medida que os jogadores se tornavam mais experientes em jogar Tetris. Este novo estudo, financiado pela empresa que faz o marketing de Tetris, mas revisado por pares e publicado no periódico BMC Research Notes, usa técnicas de imagem novas e mais precisas para verificar mudanças cerebrais. O estudo foi conduzido por garotas adolescentes, durante três meses. De acordo com Haier, o cérebro das adolescentes ainda estão se desenvolvendo. Obviamente, o cérebro dos meninos para de funcionar direito depois dos 10 anos.

O estudo descobriu que as partes em azul do cérebro ficaram mais eficientes, enquanto as partes em vermelho ficaram mais grossas e fortes, resultando em mais agilidade e eficiência ao jogar. [Discover via Neatorama]