O Comitê Olímpico Internacional quer deixar uma mensagem bem clara ao mundo: os Jogos Olímpicos, que originalmente aconteceriam neste ano, mas que foram adiados por conta da pandemia do coronavírus, vão ser realizados em 2021. Por mais desconfortável que pareça no momento, dado que mais de 27 milhões de casos de COVID-19 foram relatados em todo o planeta, o COI disse que os jogos serão realizados “com ou sem covid”.

De acordo com a AFP e o Deadline, o vice-presidente do COI, John Coates, disse na última segunda-feira (7) que os Jogos Olímpicos têm previsão de início para 23 de julho em Tóquio, no Japão, no próximo ano. “Vai acontecer com ou sem Covid”, afirmou Coates.

Bem, considerando que ainda não temos vacina contra o coronavírus – e mesmo quando tivermos esse tipo de medicamento as coisas não voltarão ao “normal” imediatamente -, é difícil acreditar que os Jogos Olímpicos serão “sem covid”.

No entanto, não acho que isso impeça o COI de realizar a competição em 2021. Afinal, olhe para a NBA em sua bolha de mais de US$ 150 milhões em investimentos, com testes diários de covid-19, segurança, transporte e saneamento completos – tudo para assegurar as equipes e jogadores. Obviamente, os jogos teriam de ser realizados com muita cautela, e não há garantia de que a saúde das pessoas não estaria em risco.

O COI e o Japão anunciaram em março o adiamento dos Jogos Olímpicos de 2020, em meio à pandemia do coronavírus. Os jogos nunca haviam sido adiados antes na história do evento. Até este ano, eles só foram cancelados antes devido a guerras mundiais.

“Concordamos que um adiamento seria a melhor maneira de garantir que os atletas estejam em suas melhores condições ao competir e garantir a segurança dos espectadores”, disse na época o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe.

Para a agência de notícias AFP, Coates afirmou que o Japão não desistiu de sediar os jogos, apesar dos desafios em manter todas as pessoas seguras e protegidas. Ele acrescentou que, antes de tudo, o COI sustentou que os Jogos de Tóquio foram os mais preparados da história da competição.

Se acontecerem mesmo em julho, os Jogos Olímpicos de Tóquio durarão duas semanas, até 8 de agosto de 2021.