O primeiro fone de ouvido que efetivamente mudou a minha percepção das músicas (e me fez jogar fora os velhos MP3 de 128 kbps) foi o Klipsch Image S4, considerado por muitos, como a CNET, o melhor in-ear por menos de 100 dólares (você acha até por menos de US$ 60 hoje no eBay). Depois do sucesso do seu fone de entrada, a Klipsch fez uma versão com controles e microfone no cabo para o iPhone/iPod. Agora, a empresa americana anunciou em seu site o lançamento de uma versão especial com controles e microfone compatíveis com o Android.

Ele deve ser lançado ainda este ano, a um preço sugerido de US$ 100 (na prática, deve chegar a US$ 80 nas lojas online). Você pode usar qualquer fone de ouvido no Android normalmente (a entrada de 3,5mm é padronizada em todos os aparelhos), mas com este especificamente, além de poder atender chamadas, dá para usar o microfone nele com comandos de voz. Um app da Klipsch permitirá ao usuário “funções customizadas” com o microfone e os controles, o que parece bem bacana.

O grande diferencial desse in-ear é que ele é incrivelmente confortável. A Klipsch patenteou o sistema de encaixe oval, que consegue isolar o seu ouvido (eliminando o ruído externo e aumentando o impacto dos graves) sem estuprar o seu canal auditivo como alguns fones mais caros fazem. Ele tem um balanced armature driver, que você pode tentar descobrir a lógica audiófila na Wikipédia, mas basta dizer é pré-requisito para um fone de alto nível. Os melhores têm múltiplos drivers para cobrir mais frequências (como o Westone 3, meu precioso).

Esperamos que ele chegue logo às lojas e ao eBay – eu já pedi alguns fones para cá direto, e como são caixas pequenininhas, o frete é barato e a alfândega não presta atenção. Faça este favor a seus ouvidos e me agradeça depois – ou escolha algum outro com este nosso guia. [Klipsch]