O gadget: Um sucessor direto da excelente câmera de bolso Zi6 HD, a Zi8 adiciona um modo de 1080p e 30 fps, bateria de íon de lítio, estabilização de imagem, saída HDMI e entrada para microfone. Ganhou um novo desenho e é menos atarracado.

O preço: US$ 180.

O veredicto: A primeira incursão da Kodak na área de camcorders de bolso colocou-a à frente de todos, pelo menos por um momento – algo que ela conseguiu de novo com a Zi8. A empresa voltou ao topo não com qualidade de vídeo – embora seja impressionante –, mas com alguns recursos óbvios que, até agora, não estavam presentes em produtos dessa faixa de preço.

Antes de qualquer coisa, as melhorias centrais: a câmera ganhou um redesign de hardware completo que (após você retirar o horrível adesivo que anuncia os recursos) passa uma impressão mais moderna, mais sólida e mais, hmm, “desenhada” do que o seu predecessor. A tela é bem, bem mais nítida, o que faz toda a câmera, apesar do layout de botões e da interface similares, parecer mesmo uma nova peça de hardware. A saída HDMI funciona de maneira instantânea e lisa, e a entrada de microfone coloca shows e ambientes ruidosos na lista de coisas que o Zi8 pode encarar. O plugue USB rígido foi substituído por um flexível de borracha, que facilita a vida quando você não tem muito espaço em uma porta USB. Ah, e a bateria – uma placa de íon de lítio substitui as pilhas AA recarregáveis do modelo antigo.












O recurso propagandeado da Zi8 é a gravação de vídeo em 1080p a 30 fps, que, junto com a opção de foto de 5 megapixels, junta-se aos modos de vídeo em 720p (a 30 fps e 60 fps) da Zi6. A resolução a mais é tecnicamente impressionante, claro, mas também algo excessiva e despercebida na maioria das vezes. As pessoas têm dificuldade para distinguir entre vídeo em 1080p e 720p quando ele é produzido de maneira profissional e exibido em uma tela high-end; a Zi8 é uma câmera de bolso, o que significa que o vídeo não é nítido ou bom o suficiente para ter muito ganho com os pixels adicionais. Câmeras como esta servem mais para fazer upload de bobeiras em sites de vídeo – algo que o software compatível apenas com Windows torna muito simples –, não para gravar discos de Blu-ray.

Isso não quer dizer que a qualidade de vídeo seja ruim – longe disso. Ela é notadamente melhor do que a da Zi6, e um sensor novo e maior melhora a qualidade em todas as resoluções, principalmente sob pouca luz. Novamente, ela continua a ser uma câmera de bolso, então espere ver ruído em situações mais sombrias. Por outro lado, o ruído é sutil e tolerável, além de ser bem menos tosco do que o da maioria de seus competidores diretos.

O que torna o vídeo da Zi8 tão bom é a estabilização de imagem. Isso é algo muito maior do que pode parecer, pois realiza algo que pode não ser muito óbvio: ela corta a tremulação – o efeito ondulado e incômodo que você tem ao mover uma camcorder barata muito rapidamente. Ela continua lá, mas com menos tremidas e instabilidade, fica muito menos aparente. Além disso, o modo macro da Zi6 também aparece na Zi8, mas é muito mais usável, pois seu campo de foco aumentou. A Zi8 ainda tem lentes com angular maior – algumas pessoas podem sentir certa falta do zoom óptico extra, mas acho que a maior angular facilita muito a filmagem.

O modo de foto é aceitável, mas não chega ao nível de uma point-and-shoot de entrada e é propenso a tirar imagens borradas, pois o botão de gravação é um pouco duro, e você geralmente não segura a câmera de uma maneira exatamente estável. Mas dentro desse gênero de dispositivo, até que a função não faz feio.

O lance aqui é que a Zi8, embora ainda seja uma camcorder de baixo custo tanto em termos de preço quanto de qualidade de imagem, é um dispositivo que deixa você mais confortável em mais situações do que o modelo antigo ou mesmo do que qualquer outra câmera de bolso do mercado hoje. Você se preocupa menos com a iluminação dos objetos, com a proximidade da macro, com a firmeza da sua mão para que a gravação não pareça um clipe de celular, com o barulho do ambiente.  Não substitui uma camcorder real em todas as situações, e essa não é a sua proposta – mas, para muita gente, é mais do que o suficiente. Ainda mais por US$ 180. [Kodak]

Vídeo limpo e nítido sob luz forte; vídeo respeitável sob luz fraca

Antivibração

Perfil mais finoPlugue USB mais versátil

Bateria de íon de lítio

Sem armazenamento interno

Software conveniente, mas não poderoso