A gigante dos games Electronic Arts, que você conhece bem de jogos como The Sims, Madden e Dead Space, anunciou hoje a compra da empresa que detinha os direitos do jogo Angry Birds, a Chillingo, por 20 milhões de dólares, segundo o LA Times.

O que isso significa para os jogadores viciados em Angry Birds? A Chillingo não é a desenvolvedora dos jogos, é apenas a publisher do Angry Birds e do Cut The Rope, dois jogos famosíssimos para iPhone e iPad. Um representante da EA nos informou que os desenvolvedores das empresas que a EA adquire continuam tendo os direitos sobre os jogos. Podemos deduzir então que, caso existe um Angry Birds 2 no futuro, ele não precisaria ser obrigatoriamente publicado pela EA/Chillingo.

A EA continua sua política agressiva de adquirir empresas de jogos móveis para iPhone e iPad, além de lançar seus próprios jogos, como Madden e Need For Speed, para a plataforma. Mas as aquisições dão à empresa jogos mais frescos e com ar menos retrô.

E, não, nós não acreditamos que o Angry Birds irá envolver elementos do The Sims.

EA buys Angry Birds publisher Chillingo [LA Times]