Dia primeiro de setembro foi lançado o Guitar Hero 5, que não prometia nada mais do que novas músicas, e todo o resto que nós já conhecemos. Mas a Activision colocou uma surpresinha que pode chocar a geração que cresceu ouvindo música nos anos 90: Kurt Cobain cantando Bon Jovi alegremente, entre outras pérolas.

Kurt Cobain foi sem dúvida um ícone da música e do comportamento do anos 90 (Antes que comece a Flame war, eu gosto tanto de Grunge quanto de Hard Rock) ficou marcado como o antitudoquerolavanomundo, e é ícone de rebeldia até hoje.

Isso até esta versão do Guitar hero, quando a Actvision decidiu colocar o Kurt como um personagem do jogo, que você pode escolher para jogar qualquer música, tipo Mötley Crüe, Children of Bodom, No Doubt ou Stevie Wonder. Aí ele dubla e faz caretas como o cara do Qual é a Música com um golfinho de purpurina na cara. Sentiram o túmulo se remexendo? Eu também.

Daí veio o barraco: Courtney Love, víuva do dito-cujo ficou puta da vida quando viu o que fizeram com o Kurt, e colocou em seu  Twitter que essa "merda de Guitar Hero" terá volta, e que ela e as empresas que controlam os direitos do Kurt vão processar a Activision. 

Dave Grohl e Krist Novoselic também se manifestaram contra a apresentação animada de seu falecido amigo no GH 5:

 "É Difícil de ver a imagem do Kurt imitando outros artistas do lado de desenhos. Kurt Cobain escreveu músicas que significam muito pra muitas pessoas no mundo todo. Nós sentimos que ele merece coisa melhor"

Eu achei cômico. Sério, de dar risada mesmo. Mas não entendi esse mimimi da Courtney Love, se quisesse uma coisa fiel e do jeito que ela queria, era só acompanhar o desenvolvimento do jogo, como o Paul, Ringo e a maldita Yoko Ono fizeram no Rock Band: The Beatles. Nossos amigos do Kotaku entraram em contato com a Actvision e eles disseram:

O Guitar Hero assegurou os direitos necessários da Cobain State (Empresa que cuida dos direitos do Kurt) em um documento assinado por Courtney Love para usar a semelhança de Kurt Cobain como um personagem em Guitar Hero 5"

É meio triste. Mas é meio tarde pra chorar, né Courtney? [ Kotaku ]