Depois que a BlackBerry (ex-RIM) lançou sua linha high-end – o Z10 e Q10 – era hora de atender a clientes que não podem pagar tanto por um smartphone. Este é o BlackBerry Q5: com teclado físico, touchscreen e quatro cores, esta é a aposta da BlackBerry para os mercados emergentes.

O teclado físico é um pouco diferente do que vimos no Q10: as teclas são espaçadas e não têm uma tira metálica separando cada fileira. A empresa diz que esta é uma “evolução do clássico teclado do BlackBerry”; mas ao perder o formato curvado de aparelhos como o BB Curve, ele lembra um pouco os novos Nokia Asha com teclado físico.

Outra coisa que nos faz lembrar da Nokia: as cores chamativas do BlackBerry Q5. Ele virá em quatro cores: rosa, vermelho, preto e branco.

Mas ao contrário da linha Asha, o BlackBerry Q5 se trata de um smartphone: sua touchscreen de 3,1″ permite acesso aos recursos do BlackBerry 10, como o Hub (unifica suas mensagens e redes sociais), BBM Video com compartilhamento de tela, câmera com modo Time Shift (permite escolher a melhor expressão facial nas fotos) e cerca de 100.000 apps – dos quais boa parte são ports do Android.

O BlackBerry Q5 possui tela de 3,1″ e resolução 720×720, mas usa display LCD (em vez de AMOLED nos modelos high-end). Ele possui processador dual-core de 1,2GHz e apenas 8GB de espaço interno, expansível por microSD. Ele também possui câmera traseira de 5 megapixels e câmera frontal de 2MP. A bateria não é removível.

A BlackBerry diz que ele será lançado em diversos países a partir de junho. A assessoria no Brasil diz que ele chegará ao país no segundo semestre, e terá suporte ao 4G nacional. Ainda não há informações sobre o preço, mas ele será inferior ao do Z10 (felizmente, já que ele custa R$2.449). [BlackBerry Blog]