Depois de muitos rumores, enfim o aparelho “Catwalk” é oficial, e ele se chama Lumia 925. Por dentro, ele se parece muito com o Lumia 920; mas por fora, ele tem uma grande diferença: sua lateral é feita de alumínio, o que o deixa muito mais fino e mais leve.

A lateral metálica está integrada à antena do celular para melhorar a recepção. O aparelho não é totalmente feito de alumínio, no entanto: a traseira ainda mantém o policarbonato usado nos outros Lumias. Mesmo assim, ele consegue ser 25% mais leve (139g) e 20% mais fino (8,5mm) que o Lumia 920.

A Nokia diz que a mudança para alumínio serve para oferecer mais opções, usando o conhecimento da empresa na área – ou seja, talvez o design dos Lumias não tenha migrado de vez para algo metálico.

Nokia-Lumia-925

Ele roda a versão mais recente do Windows Phone 8. Quanto às especificações, ele é parecido com o Lumia 920: tem o mesmo processador Snapdragon S4 dual-core de 1,5GHz, além de 1GB de RAM; o armazenamento, por sua vez, é de 16 GB – caiu pela metade. Não há suporte a microSD.

A tela também é parecida: são 4,5 polegadas com resolução 1280×768 e Gorilla Glass 2. Ela mantém os truques da tecnologia PureMotion HD+, ou seja: a rolagem de conteúdo é mais fluida (60Hz); as cores pretas são realmente nítidas; há ajuste automático de cores para lidar com luz forte; e ela funciona com luvas. Mas desta vez, a tela usa painel AMOLED (em vez do IPS no Lumia 920).

O destaque no Lumia 925 é a câmera. Sim, a Nokia promete “mais do que seus olhos podem ver”, mas este não é o suposto EOS com sensor de 41 megapixels. Em vez disso, a Nokia colocou a mesma câmera do Lumia 920 e adicionou uma lente de vidro, para complementar as outras cinco lentes de plástico no aparelho. Além disso, ele mantém o flash LED duplo e a estabilização óptica de imagem, mesmo no corpo mais fino (este recurso exige espaço interno do aparelho).

A câmera tira fotos de 8 megapixels, e ganhou um novo modo “Smart Camera” de 5MP: o aparelho tira dez fotos na sequência, e permite combiná-las ou escolher a melhor. São cinco opções:

  • Best shot: escolhe a melhor foto para você automaticamente;
  • Action shot: mostra os vários momentos de um objeto em movimento, todos na mesma foto;
  • Motion focus: cria blur no fundo e deixa o objeto em foco mais nítido;
  • Change faces: permite escolher a melhor expressão facial de cada pessoa;
  • Remove objects: retira objetos ou pessoas da foto.

A Nokia promete levar todos esses recursos para a linha Lumia com Windows Phone 8 (920, 820, 720, 620, 520) em uma atualização de firmware chamada “Amber”, a ser distribuída no terceiro trimestre.

O foco na câmera também está presente nos apps: os Lumias poderão instalar o app Oggl, da Hipstamatic, que introduz filtros inteligentes nas fotos e permite compartilhá-las até mesmo no Instagram. (O Hipstamatic fechou acordo com o Instagram antes de ele ser comprado pelo Facebook.) No entanto, um app oficial do Instagram continua de fora: segundo o TechCrunch, Nokia e Microsoft estão trabalhando juntas para obter uma versão do app para Windows Phone e fechar um acordo com o Instagram – mas ainda não rolou.

wireless-charging

Para ficar mais fino, o Lumia 925 não possui carregamento wireless integrado. Mas há uma capinha comprada à parte – disponível nas mesmas cores do 920 – que você prende à traseira do aparelho para carregar a bateria por indução, colocando-o em cima de uma base Qi.

O Lumia 925 estará disponível a partir de junho, apenas em cinza e preto, na Europa e na China. No Brasil, ele está previsto para o quarto trimestre, com 4G compatível com as frequências usadas por aqui. Ele já aparece no site brasileiro, onde você confere as especificações completas: [Lumia 925]

Nokia-Lumia-925-smart-camera