Considerando o conjunto da obra, o Lenovo Thinkpad X1 Carbon é um baita notebook. Ele é bem leve, poderoso e com um design retrô que agrada os mais nostálgicos. Mas existe a possibilidade dele pegar fogo, conforme a própria fabricante anunciou hoje.

O principal motivo pelo qual baterias explodem e pegam fogo
Falha permite que hackers enganem sistema de impressão digital em PCs da Lenovo

A notificação de recall foi emitido pela Lenovo em conjunto com a U.S. Consumer Product Safety Comission (CPSC, Comissão dos EUA sobre Segurança de Produtos de Consumo). De acordo com a Comissão, o recall afeta aproximadamente 78 mil laptops nos Estados e 5,5 mil no Canadá.

A Lenovo afirma que o problema foi percebido quando três usuários diferentes relataram que as baterias de seus Thinkpad X1 Carbons estavam superaquecendo. Os notebooks afetados foram fabricados entre dezembro de 2016 e outubro de 2017.

O problema é causado por um “pequeno parafuso desatado deixado na unidade durante a fabricação”. O parafuso poderia danificar a bateria do laptop, e como as baterias de íon-lítio são muito delicadas, poderia causar um descontrole térmico, que resulta na deformação, superaquecimento da bateria, o que pode levar a um incêndio.

No entanto, a Lenovo afirma que nenhum notebook pegou fogo até agora e que “não recebeu relatos de danos a pessoas ou propriedades, além dos laptops”.

Porém, ainda existe uma possibilidade disso acontecer e a Lenovo descreveu como você pode descobrir se o seu modelo foi afetado e o que você precisa fazer para o consertarem. Os detalhes estão nesta página, com instruções em português.

É um recall importante, mas não é o primeiro do gênero, nem o maior.

[Lenovo e USCPSC]

Imagem do topo: Alex Cranz/Gizmodo