Telefones com duas ou mais câmeras traseiras já são bastante populares, mas isso pode ficar ultrapassado em breve. Em uma patente recentemente registrada, a LG está sonhando com algo muito mais ambicioso. Embora a empresa coreana já tenha um telefone com cinco câmeras, o V40, ela pode estar planejando mais que triplicar esse número e fazer um celular com 16 câmeras. Isso mesmo, dezesseis.

• Como diferentes lentes de câmera podem fazer você parecer mais gordo
• Novo smartphone da Huawei com três câmeras pode iniciar uma nova corrida tecnológica

É inevitável pensar nesse aparelho e não lembrar da câmera L16, da startup californiana Light. De modo semelhante ao descrito na patente da LG, as múltiplas lentes da L16 tinham várias distâncias focais, o que permite fazer coisas como ajustar a profundidade de campo de uma foto durante o pós-processamento, criar tomadas compostas de múltiplas exposições e capturar imagens com diferentes níveis de zoom sem que haja a necessidade de lentes adicionais.

Infelizmente, no caso da L16 da Light, o software especializado necessário para editar suas fotos e o preço de US$ 2.000 acabaram com o interesse de profissionais, que acharam o dispositivo muito limitado, e de pessoas comuns, que não queriam andar por aí com um segundo dispositivo difícil de usar e que não oferece uma melhoria significativa em qualidade de imagem.


O dispositivo de 16 câmeras da LG pode ser usado para capturar diferentes ângulos de um assunto sem precisar reposicionar suas câmeras. Imagem: LG (USPTO)

No entanto, a capacidade da Light de colocar tantas câmeras em um dispositivo um pouco maior do que um smartphone comum e conseguir fazer ele funcionar foi algo que abriu um caminho. Desde então, as empresas de celulares continuam adicionando mais câmeras na parte de trás de seus aparelhos.

Quanto à patente da LG, sua matriz de 16 lentes permitiria que um dispositivo capturasse uma foto a partir de múltiplas perspectivas, a fim de coletar profundidade adicional e informações 3D. Um smartphone de 16 câmeras poderia usar os dados de vários conjuntos para preencher lacunas que poderiam se perder em uma foto de uma única câmera.

Imagem: LG (USPTO)

A patente da LG também sugere que um dispositivo com este tipo de arranjo de câmera poderia ser usado para criar imagens HDR super detalhadas, ou mesmo para ajudar a cortar e colar assuntos de uma parte da foto em outra, algo como um recurso turbinado de faceswap.

E, para quem quer tirar selfies com muitas câmeras, a patente da LG também descreve a opção de adicionar um espelho e um alto-falante na parte de trás do dispositivo, aumentando, assim, as possibilidades de uso.

Por enquanto, porém, muito disso é puramente hipotético, já que seria um enorme salto das três câmeras traseiras do LG V40 para um telefone com 16. Mas, com o suposto celular da Nokia de cinco câmeras a caminho, os telefones com 16 lentes podem estar mais próximos do que imaginamos.

[via Let’s Go Digital]