Querido Lifehacker,
Acabo de comprar um novo computador e visto que os níveis de falha de hardware estão bem altos ultimamente, quero me assegurar que ele não irá morrer repentinamente no meio de um projeto importante. Existe alguma coisa que eu possa fazer para garantir que ele não é uma bomba?

Atenciosamente,
Comprador de Computadores Paranoico

 

Querido CCP,
Se você quer certificar-se de que a sua máquina nova está funcionando bem, existem inúmeras coisas que você pode fazer para testá-la. Na verdade, você pode usar estas mesmas estratégias para testar a confiabilidade de uma máquina antiga também. Elas são todas bem fáceis de fazer, apesar de consumirem bastante tempo, mas no fim dos testes você irá saber se a sua máquina está prestes a falhar ou não. Os testes não podem prever o futuro, mas eles são uma boa maneira de verificar problemas existentes que ainda não anunciaram que estão por lá. Se existe uma falha que é iminente, eis aqui como descobrir.

 

Faça o teste de stress na sua CPU

Quando você está fazendo overclock no seu processador, você precisa coloca-lo sob stress para garantir que ele não irá causar erros quando estiver muito carregado. Você não irá fazer overclock, mas quer saber a mesma coisa, então pode usar o mesmo processo. Nós gostamos de um programa chamado Prime95 para ajudar com essa tarefa. Tudo que ele faz é calcular números primos por quanto tempo você quiser. Isso pode maximizar os ciclos do seu processador e é exatamente o que você está querendo fazer. (Nota: Alguns preferem LinX, mas ele não está disponível para todas as plataformas como o Prime95.) Apenas rode o Prime95 no máximo por pelo menos algumas horas, se não mais, e você terá uma boa noção se o seu processador pode lidar com todo o trabalho que você irá fazer nele.

Você também pode querer monitorar a temperatura para garantir que nada superaquece. Ele não deveria, visto que o seu computador deveria ter sido projetado para rodar no máximo por um bom tempo, mas não faz mal ficar de olho nisso. RealTemp (Windows), LM_sensors (Linux), e Temperature Monitor(Mac OS X) podem fazer isso.

Verifique erros na sua RAM


Seu computador às vezes pode conviver com erros na RAM, mas você irá notar algumas coisas estranhas aqui e ali. Você não quer lidar com uma máquina que está frequentemente bugada, então você quer se assegurar que a sua RAM está funcionando bem. Para fazer isso, você irá precisar apenas do MemTest86. Você pode fazer download de um arquivo ISO, fazer o boot a partir dele virtualmente em qualquer máquina (até mesmo um Mac), e rodar durante a noite. Apesar de o teste poder ser completado relativamente rápido em algumas circunstâncias (por exemplo, quando você tem pouca RAM em sua máquina e roda um teste leve), você pode esperar que ele vá demorar pelo menos algumas horas. Rode um teste exaustivo e deixe o computador fazendo isso durante a noite. Pela manhã, verifique os resultados e veja se a sua RAM tinha algum erro. Se não tinha, você está livre.

Drene sua bateria (realisticamente)

Se você está lidando com um laptop, você quer ter certeza que a bateria irá oferecer a duração que o fabricante prometeu (ou pelo menos um número mais realista que você ache aceitável). A melhor maneira de fazer isso é apenas usar o laptop como você normalmente faria o quanto puder, sem o cabo de força conectado. Se você fizer várias tarefas que você normalmente executa, você terá uma ideia aproximada da duração da bateria. Isso é bem óbvio, e talvez você prefira deixar o computador de lado e esquecer-se dele – pelo menos até que a bateria morra. Eis aqui vários testes que você pode fazer e não requerem nenhum esforço da sua parte:

– O método Nyan Cat: Como demonstrado no vídeo acima, deixe rodando o vídeo de 10 horas do Nyan Cat no YouTube e veja quão longe você consegue ir antes do laptop morrer. Assegure-se de reduzir o brilho da tela para um nível realístico e desabilite qualquer coisa que possa usar o processador enquanto o vídeo está rodando (a menos que você queira adicionar stress à máquina).

– O teste da Wi-Fi: Use um serviço de upload gratuito como o Gett para fazer upload de qualquer coisa que irá demorar mais para enviar do que a sua bateria  pode aguentar. Isso irá te dar uma boa ideia de como o computador funciona quando a Wi-Fi está em uso por um longo período de tempo. Apenas certifique-se que a tela do seu computador não irá desligar sozinha ou você não terá  resultados realistas.

– O teste dos 10%: Carregue a sua bateria até o máximo, então desconecte da tomada por 10 minutos. Se a sua bateria perder 1% ou mais de carga por minuto (e você não estiver fazendo nada muito pesado, como por exemplo rodar o Prime95), você tem um problema.

Basicamente, você pode tentar drenar a bateria de várias maneiras diferentes que não envolvem a sua interação, contanto que você possa deixar algo rodando que irá manter o processamento de informações da CPU em um nível razoável. Se você joga muitos games, deixe um ligado. Se você quer testar o desempenho da bateria quando assiste a um filme, deixe um AVI ,que você realisticamente assistiria, em loop e veja até onde vai. Os melhores testes são aqueles que funcionam realisticamente, mas se você não quer fazer o esforço de sentar no seu computador durante toda a duração da sua bateria, esse tipo de teste dará a você uma boa noção.

Uma vez que você executar esses testes, você terá uma boa ideia se o seu computador está ou não prestes a falhar. Se estiver, leve-o de volta para que seja trocado. Se não, você pode continuar com ele e ter mais confiança.

Com carinho,
Lifehacker.

Tem alguma dica para fazer teste de stress em um computador para garantir que ele não é uma droga? Compartilhe nos comentários!