Windows/Mac/Linux: a Mozilla lançou o primeiro beta do Firefox 4, com um novo visual, novas funções, e suporte a mais especificações HTML5. Este é um pequeno tour via screenshots pra mostrar como ele está agora.

As grandes mudanças vêm na forma de melhoras na interface e suporte atualizado a funções HTML5. Nesta versão, o novo design do Firefox está completo apenas no Windows, então quem usa Mac e Linux vai ter que esperar um pouco. Os destaques das notas de versão com imagens estão a seguir, com nossas notas em itálico:

– As abas agora estão no topo por padrão apenas no Windows – o OS X e Linux vão mudar quando o tema for modificado para suportar a mudança. Se você não gosta das abas no topo, basta desativá-las clicando com o botão direito no espaço vazio da barra de abas e desmarcar Abas no Topo.

– No Windows Vista e 7, a barra de menus foi substituída pelo botão Firefox. Você consegue a barra de menus de volta clicando com o botão direito no espaço vazio da barra de abas e marcando Barra de Menus.

– Você pode fazer uma busca por abas já abertas na barra de endereços, e ir direto a elas. Esta função é um pouco estranha, e não sei exatamente quantas vezes um usuário iria aproveitar esta função do jeito que está implementada agora, mas acho que poderia ser útil.

– Os botões parar e atualizar foram unidos em um só botão no Windows, Mac e Linux. Prático, já que muitos de nós já consolidávamos os dois botões desde o Firefox 3.

– A barra de favoritos foi substituída por um botão de favoritos por padrão (você pode mudar de volta se quiser).

– Proteção contra travamentos para Windows, Mac e Linux quando os plugins Adobe Flash, Apple Quicktime ou Microsoft Silverlight travarem.

– Suporte nativo ao formato de vídeo para HTML5 e em alta definição WebM. Lembre-se, o WebM é o formato aberto de vídeo do Google.

– Renderização de página mais ágil usando "lazy frame construction".

Isto cobre praticamente tudo que se destaca no Firefox 4 até agora, mas algumas melhoras não foram apontadas pelas notas de versão, e incluem:

– O novo gerenciador de complementos (add-ons), que abre em uma aba própria em vez de uma janela separada.

– O novo indicador de progresso de carregamento, que você vê no screenshot abaixo.

Se você já está usando o novo Firefox 4 beta, diga pra gente: o que você mais gostou? E o que menos gostou? [Firefox 4 Beta 1]