O que você consegue fazer com alguns gigabytes e uma porta USB? Com os softwares certos, um monte de coisa. Aprenda a criptografar seus trabalhos, rodar sistemas operacionais completos, recuperar o Windows e customizar seu pen drive com essas 10 dicas.

Foto por Debs (ò?ó)?.

Nota: Nós já fizemos uma lista de 10 melhores truques para pen drives em 2007, e nós usamos algumas daquelas ideias de novo. Mas muitos aplicativos foram atualizados, outros foram substituidos por programas melhores, e há algumas novidades muito bacanas na nova mistureba (Chrome OS! XBMC!).

10. Mude o ícone de seu pen drive

Velho truque, mas sempre vale a pena. Se você usa vários pen drives, ou só quer deixá-lo mais fácil de reconhecer, você pode criar um ícone para ele. A base do truque é manter um arquivo .ico no dispositivo – você pode criá-lo a partir de qualquer imagem com várias ferramentas, como o aplicativo online ConvertIcon. Assim, quando você plugar seu pen drive, você saberá de qual se trata ao olhar para a área de trabalho ou dentro das pastas.

 

9. Teste agora o Chrome OS

O novo sistema operacional prático e leve do Google, o Chrome OS, só será lançado no fim do ano, mas os donos de pen drives podem fuçar na versão do código aberto do sistema. Como a Gina já explicou, você pode rodar uma versão customizada do Chrome OS criada pelo Hexxeh por meio de seu pen drive e descobrir como o Chrome OS funciona. Não é que o desenvolvimento open source é bacana mesmo? (Post original)

 

8. Navegue e trabalhe com segurança com o DemocraKey

Se você estiver de férias, ou trabalhando em algum lugar onde as condições de segurança e privacidade são um mistério, você ficará feliz em ter o DemocraKey no pen drive. O programa é uma junção de aplicativos para Windows – incluindo navegador, editor de imagens, cliente de e-mail e sistema de criptografia – que torna o ato de navegar e trablhar muito mais anônimo e seguro. (Post original)

 

7. Rode o XBMC Media Center

XBMC Live, uma versão para pen drives do sensacional media center XBMC, é ótimo para exibir para seus amigos as habilidades do XBMC, além de também carregar em seu netbook ou laptop um próprio sistema operacional, para outras atividades. Ele é também o primeiro passo de Adam para construir um silencioso e barato media center, mostrando um pouco de como as coisas funcionam bem quando o XBMC completo roda.

6. Salve seu Windows

Se você escolheu o Ubuntu para colocá-lo em seu pen drive, você tem todo o aparato necessário para consertar um sistema com Windows que não esteja funcionando. De um pen drive com Ubuntu, você pode fazer uma varredura e encontrar vírus, recuperar arquivos, checar e limpar o disco rígido, corrigir partições e recuperar senhas perdidas do Windows. Tudo isso está em nosso guia completo de como salvar seu Windows com um pen drive.

 

5. Para não esquecer seu pen drive por aí

Pen drives são pequenos, leves e parecem com qualquer outro perifério – sim, é muito normal perdê-los por aí. Se você usa normalmente o pen drive no Windows, o aplicativo Flash Drive Reminder abre uma janela quando você começa a desligar o computador, lembrando que um pen drive ainda está conectado e, ei, você não arrancá-lo depois de uma mensagem dessa? (Post original)

 

4. Instale um pacote de aplicativos portáteis para Windows

Se você está com pouco espaço, ou simplesmente gosta de manter certos aplicativos com você ou em um disco separado, seu pen drive pode funcionar como um abridor completo de programas. O PortableApps oferece versões que não precisam de instalação de programas como o Firefox, Chrome, Pidgin, GIMP, Notepad++, e muitas outras joias do mundo gratuito do software. Há outros pacotes por aí – alguns deles acusados de não dar muita bola para licenças e propriedades de software – mas o PortableApps continua sendo a mais consistente e completa coleção de aplicativos gratuitos de Windows para levar para qualquer lugar. (Post original)

 

3. Criptografe e configure seu pen drive para autodestruição em casos de emergência

Calma, não é autodestruição física, por mais divertido que isso poderia ser. Mas com o USB Safeguard, você pode fazer o pen drive pedir um sistem de criptografia, ou apenas alguns arquivos dele. E com formas de cinema, o USB Safeguard pode apagar todos os arquivos do pen drive se alguém tentar acessá-lo e errar a senha muitas vezes. Perder um pen drive é muito melhor do que perder a senha de acesso de sua conta corrente. (Post original)

 

2. Sincronize os arquivos que você precisa

Ao invés de copiar manualmente os arquivos que você tanto no pen drive quanto no HD, por que não sincronizar tudo o que você precisa? É o mínimo que você precisa para deixar seu pen drive lado a lado com o Dropbox. Ferramentas como a SyncBack Freeware ou a SyncToy, da Microsoft, dão a opção de copiar ou deletar automaticamente os arquivos que sumirem da outra ponta conectada.

 

1. Tenha um Linux portátil sempre na mão

As diversas versões do Linux sempre trabalharam bem no pen drive – elas são rápidas, gratuitas e bem customizáveis. Nós fuçamos na maioria dos sistemas para pen drives, e chegamos a conclusão que o Puppy Linux e algumas variações do Ubuntu (como o peso-pena Xubuntu) são os favoritos entre os leitores (e editores também). Para criar as unidades, nós recomendamos as ferramentas uSbuntu e Unetbootin para fazer os sistemas apenas de leitura no Windows, e o Universal USB Installer para espalhar qualquer versões de Linux em qualquer pen drive. (Posts originais: Universal USB, Unetbootin, uSbuntu)

Qual é o melhor deles para o seu pen drive? Quais ferramentas ajudam seu pen drive em seu cotidiano? Conte-nos tudo nos comentários.