A palavra Airbus provavelmente te faz lembrar de aeronaves gigantes que voam ao redor do mundo. Porém, dessa vez a empresa fez um tipo de veículo totalmente diferente: uma moto feita em impressora 3D que parece algo vindo diretamente de alguma civilização extraterrestre.

Chamado de Light Rider, o veículo foi criado por uma subsidiária da Airbus chamada APWorks. Ela pesa cerca de 35 kg e é equipada com um motor elétrico de 6 KW, que faz ela ir de 0 a 80 km/h em alguns segundos.



moto-apworks-2

O quadro da moto foi feito usando um “sistema de impressão 3D a laser” que derreteu minúsculas partículas de liga de alumínio. (Isso parece bastante com sinterização a laser, um método comum de impressão 3D em escala industrial). O produto final foi uma série de peças feitas de um monte de camadas finíssimas na casa dos 60 microns (0,06 milímetros).

O visual que lembra uma teia é intencional:

A APWorks usou um algoritmo para desenvolver uma estrutura otimizada para a Light Rider para manter um baixo peso com um quadro forte o suficiente para aguentar cargas e desgastes de cenários cotidianos de transporte. O resultado: uma motocicleta que parece mais um exoesqueleto orgânico que uma máquina. Um design desse tipo foi a intenção da APWorks, que programou o algoritmo para usar estruturas biônicas e processos naturais de crescimento, além de modelos como a base para o desenvolvimento de uma estrutura forte e leve.

Segundo a companhia, a Light Rider é a primeira motocicleta feita em impressora 3D. Porém, parece que há outros modelos — inclusive, há este aqui que não é funcional.

moto-apworks-3

Se você quer ter uma dessas levíssimas Light Rider, é melhor entrar para a fila — a produção será de apenas 50 unidades. Elas serão vendidas por US$ 56.000 mais taxas, porém pense quão legal você ficaria em cima dela fazendo um rolê pelas ruas.