Com mais um novo episódio de Loki, a série de viagens no tempo e espaço com o vilão mais querido do Universo Cinematográfico da Marvel, tivemos mais perguntas sobre o desenrolar desta história sem rumo definitivo.

As surpresas, se comparado às outras duas séries anteriores da Marvel na Disney+, são ainda melhores e imprevisíveis, pois não há um “norte” como WandaVision (virar Feiticeira-Escarlate) e Falcão e Soldado Invernal (Bucky virar Capitão América). Porém, nenhum episódio tinha terminado com gancho tão grande e importante até então.

Sem necessidade de spoilers (nem teorias malucas) sobre o restante o episódio, vamos ao óbvio elefante na sala. Loki pensa que morreu, indo para Hel. Porém, parece que ele foi teleportado para outra dimensão, encontrando outros quatro personagens. De acordo com os créditos em si, em tradução livre, eles são: Loki Orgulhoso, Loki Criança Loki Clássico. No colo da Criança temos o quarto integrante, o Loki Crocodilo/Jacaré.

O cenário é uma surreal Nova York pós-apocalíptica. As referências são claras, até mesmo pela música. Temos uma cena que reflete exatamente um dos momentos não muito “distantes” deste Loki, que está em 2012, quando ele encontra os Vingadores.

A Criança é a versão mais fiel dos quadrinhos até então, reiterando que os Jovens Vingadores podem de fato serem apresentados antes do que imaginávamos. Além disso haverá a participação dos filhos de Wanda Maximoff, Wiccano e Célere, em Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, filme do ano que vem.

Ninguém menos que Richard E. Grant, à direita, interpreta o Clássico Loki. O personagem é a versão clássica dos primeiros quadrinhos, dos anos 1960. Nessa época Loki ainda era um vilão em definitivo, não um anti-herói questionável como na série. Porém, pelo visual mais velho, o que mais se assemelha a ele é o Loki de Agente de Asgard, quadrinho de 2014/15.

O terceiro Loki, Orgulhoso, carrega um martelo que mais se parece com uma chave. À primeira vista, ele não faz referência a nenhuma versão das HQs, mesmo que o óbvio martelo seja um paralelo ao irmão Thor, conflito recorrente em todas as mídias.

Uma das teorias sobre o Crocodilo/Jacaré Loki é que ele teria se transformado em tal animal ao invés de em uma cobra, na tentativa de assustar Thor. Em Thor Ragnarok, filme de 2017, o Deus do Trovão conta uma história parecida.

Assine a newsletter do Gizmodo

Loki tem um novo episódio todas as quartas-feiras na Disney+. A conclusão da série será em 14 de julho, com o sexto episódio.

[L.A. Times]