Segundo reporta o Mashable, em Maio de 2010 o preferito da capital britânica, Boris Johnson, prometeu que “cada poste e cada parada de ônibus estará um dia, em muito breve, antes das Olimpíadas de 2012, equipado com Wi-Fi”. Aparentemente a coisa não chegará a este ponto, apesar da intenção já valer de algo, mas ao menos 120 das 270 estações de metrô da cidade oferecerão conexão aos moradores e turistas que estiverem lá para ver os jogos olímpicos no próximo ano.

A conexão já foi testada por seis meses em conjunto com uma das operadoras de telefonia locais, em algumas estações selecionadas, e agora a prefeitura abriu concorrência para saber qual operadora será a parceira oficial do projeto. Depois de implementada, a rede Wi-Fi do metrô londrino funcionará apenas nas estações, e não nos trens, além de não ser gratuita (talvez apenas para os clientes da operadora que fornecer a conexão, se o teste anterior for algum indicativo), mas isso não diminui o mérito do projeto. Ao menos não na minha humilde opinião.

E no Brasil? Temos apenas 61 estações em São Paulo e 35 no Rio de Janeiro. VIVO, Claro, alguém? Queremos Wi-Fi no metrô para acompanhar os jogos da Copa, quem vai fazer acontecer? Ainda dá tempo – e provavelmente quando precisarmos, será mais barato. [ZD Net, Mashable]