No mês de julho, a Nokia deu descontos na linha Lumia com Windows Phone 8: alguns aparelhos ficaram R$ 200 mais baratos na loja online da empresa. Nada notável, já que eles já apareceram por menos no Dealzmodo, e a promoção acabou em pouco tempo.

Mas um dos aparelhos mantém o desconto até hoje: é o Lumia 820. Lançado em fevereiro por R$ 1.599, ele agora sai a R$ 999. E a assessoria da Nokia confirma ao Gizmodo Brasil que o desconto será “por tempo ilimitado”, tanto nas lojas físicas da Nokia como na loja online. Por que esse corte agressivo no preço?

Bem, já notamos antes que a Nokia não demora muito em reduzir o preço dos seus lançamentos – o mesmo aconteceu na linha com Windows Phone 7.x – mas essa queda é notável.

Seria isso o efeito da desoneração fiscal aos smartphones? Provavelmente não. Em junho, a Nokia baixou o preço do aparelho para R$ 1.499, a fim de adequá-lo às regras do incentivo fiscal. Depois, o preço na loja da Nokia caiu para R$ 1.451,09 – aí está o efeito da isenção de PIS/Cofins.

Então o que aconteceu? Provavelmente a Nokia não vendeu tantos Lumias 820 quanto esperava, e agora quer mover os estoques. Enquanto os outros modelos tiveram uma redução pequena de preço*, ele recebeu um desconto de 31%. E lembre, seu preço já havia baixado duas vezes! A assessoria da empresa avisa que “não temos descontos e promoções previstas para outros produtos da linha Lumia”.

E por que o Lumia 820 não teria vendido bem? Um dos culpados pode ser o Lumia 720. Por fora, ele parece ser apenas uma versão mais fina e mais leve do irmão mais velho; ambos têm o mesmo tamanho de tela e resolução. Sim, por dentro há um processador mais lento, só que você não notará isso com o Windows Phone 8. Talvez você note que ele tem só 512 MB quando quiser rodar apps que exijam 1 GB, mas essas ocasiões são mais raras.

Ora, por que pagar R$ 500 a mais por um aparelho que não é nitidamente mais rápido, cuja câmera não é nitidamente melhor (não é PureView), e que tem bateria menor – apesar de ser mais grosso e mais pesado? Some isso à grande oferta de bons smartphones Android por R$ 1.500, e o Lumia 820 não tinha muita chance.

Agora, Lumia 820 e 720 têm preços quase iguais. Se você quiser um Windows Phone e estiver disposto a pagar até R$ 1.000 por ele, não há muita dúvida: compre o 820. Ele tem hardware mais potente, mais RAM (exigida por alguns apps) e suporte a 4G brasileiro.

Esta pode ser uma amarga lição para a Nokia: lançar aparelhos mid-range com preço de smartphone top de linha talvez funcione lá fora, mas não dá certo no Brasil. Nossos smartphones já são caros o bastante. [Loja Nokia via Olhar Digital]

*A outra grande redução foi do Lumia 620, lançado por R$ 899, que agora custa R$ 769 – queda de 14%, já incluso aí o incentivo fiscal do governo. A assessoria da Nokia confirma que esta promoção também vale “por tempo ilimitado”.