Made in Brazil Azul terá TV ao vivo em todos os voos a partir do ano que vem

Não deixe o rabo pixelado, meio jogo de Atari, enganar você. A Azul Linhas Aéreas Brasileiras, há poucos meses no ar e com tarifas agressivas, já é a terceira maior companhia aérea do Brasil. O presidente da empresa, o geek americano/brasileiro David Neeleman, 49 anos, aposta forte em tecnologia nos seus aviões, de duplo HUD na cabine à transmissão de 36 canais de TV ao vivo em todos os vôos a partir de 2010.

A empresa já tinha mostrado sua vocação mais geek ao disponibilizar Wi-Fi gratuito nos ônibus que vão de São Paulo até o aeroporto de Viracopos em Campinas, base da Azul. Uma das promessas iniciais era oferecer transmissão de TV ao vivo nos voos. Não rolou por incompatibilidade das antenas, mas, em entrevista à Info, Neeleman disse que os canais da Net estarão nas TVs individuais  para o ano que vem, a tempo de acompanhar os jogos da Copa. Nada melhor que sintonizar em um clássico do naipe Honduras e Dinamarca pra dormir.

Neeleman explicou que os aviões da Embraer que a empresa usa (modelos ERJ 190 e 195) têm duplo Head-up display (HUD), aquele "pré-óculos de pára-brisa" (simplificação tabajara minha – melhor ver a foto) com informações essenciais, do tipo que você está acostumado a ver em caças e jogos de tiro em primeira pessoa. A implementação do HUD duplo (para o co-piloto também, bem raro na aviação doméstica) permite que o piloto tire menos o olho do emocionante mar de nuvens à frente e evite distrações. O CEO disse que isso ajuda a tornar seus aviões "os mais seguros do mercado". Ele vai além e afirma que se houver um acidente com um bicho desses, 100% de chances de ser falha humana.

Ultimamente só tenho voado a trabalho, mas os preços para as viagens para o Nordeste, especialmente, são bem interessantes. Alguém aí que voou de Azul pode comparar a experiência da empresa ultraeconômica com as outras companhias aéreas? [Info]

Sair da versão mobile