Made in Brazil Brasil é o quinto maior em atividade maliciosa

Mais alguém aqui abre um sorrisinho quando lê "atividade maliciosa"? Pois é, de acordo com a Symantec, em estudo divulgado hoje, o Brasil já é responsável por 4% da atividade maliciosa global (1% a mais que ano passado). Orgulho da nossa gente, o País também subiu no ranking mundial em se tratando de spams emitidos: do 12º para o 5º lugar. 

Phishing e ataques a redes devem ser ainda mais comuns por aqui. "Países como Brasil, Turquia, Polônia, Índia e Rússia devem continuar elevando sua participação, à medida que têm grande crescimento de infraestrutura de internet e aumento no consumo de banda larga", afirma a empresa, no estudo.

Um dado alarmante: em 2008 a Symantec detectou 1,6 milhão de novos códigos maliciosos, equivalmente a 60% dos malwares registrados pela companhia em toda a história.
[Info e Folha]
Sair da versão mobile