O Carrefour parece ter descoberto que muita gente compra coisas online, e lançou o remodelado www.carrefour.com.br para vender pelas interwebs 15 mil produtos, entre eletrônicos, eletrodomésticos, cosméticos, informática e cama, mesa e banho. A rede francesa diz que faz algo diferente: no site, que foi ao ar de fato hoje de manhã, há mais textos explicativos para ajudar o consumidor a escolher e mais maneiras de comparar produtos. 

De acordo com as pesquisas do Carrefour, um consumidor leva em média 15 dias para comprar um produto de maior valor – mais ou menos o mesmo tempo que eu demoro para escolher uma variedade de pão de forma integral no supermercado. O cara gasta esse tempo pesquisando, para saber o que mais importa, onde é mais barato, etc etc. O site do Carrefour quer ser o ponto de partida dessa pesquisa, e tem até videozinhos para ajudá-lo na escolha, na seção "Guia de Compras e Soluções Carrefour". O problema é que esta e várias outras partes do site não levam a lugar algum neste exato momento: o site está bastante bugado na estréia.

Se você vai lançar um site mais de 10 anos depois do maior concorrente (o Pão de Açúcar), é preciso um pouco mais desse lance de "diferencial". Então a rede francesa aposta nos "serviços" agregados. Comprou uma TV e um videogame e não sabe como ligar um em outro? (dica: com um cabo), basta pagar R$ 144 que eles instalam, ou R$ 94 para fazer seu roteador Wi-Fi funcionar – a Fnac já faz algo parecido. Nos EUA, a Best  Buy tem um serviço semelhante, chamado Geek Squad, que cobra uma grana absurda por alguns serviços bem básicos. Por isso sacanear a Geek Squad é das tarefas favoritas dos nossos amigos do Giz americano.

Por mais que eu nunca vá usar qualquer desses serviços e acho o preço salgado, é bom que alguém ofereça online algo do gênero. Mas pra boa parte das pessoas aqui, que não se importa com essas frescuras, o que vai definir o sucesso do Carrefour online são os preços. Há até algumas ofertas de inauguração, como um netbook da Lenovo a R$ 799 (velho, com Windows XP), mas nada sensacional. A variedade em eletroeletrônicos por enquanto é menor que outros sites como Submarino ou Fastshop. Mas vamos dar um tempinho. Tomara que melhore. Quanto mais concorrência, melhor.