Simplesmente isso. “Muitas [das pessoas que veem as obras] acham que eu usei tinta ou lápis para criar o efeito de luz e sombra. Mas quando percebem que as figuras estão realmente dobradas, ficam bem impressionadas”, disse o artista alemão Simon Schubert ao Telegraph (site do jornal britânico “The Daily Telegraph”).








Schubert, 33, leva cerca de uma semana para completar um trabalho desse tipo, que chega a ser vendido por mais de R$ 12 mil.

Eu particularmente gostaria de ver mais retratos, como estes do Beckett.


[Simon Schubert via Toxel.com via Geekologie; Telegraph via Geekologie]