Em setembro do ano passado, enquanto a App Store do iPhone tinha mais de 85.000 apps e o Android Market contava com cerca de 11.000, a Ovi Store tinha menos de 2.000 apps — bastante menos no Brasil, muito pela falta de aplicativos pagos (por enquanto). A Nokia domina a maior parte do mercado de smartphones no mundo, então o que está impedindo que mais apps cheguem à plataforma Symbian? Um dos motivos pode ser o custo de publicar apps na Ovi Store.

Na Bossa Conference, o norueguês Espen Riskedal, um dos responsáveis pela linguagem multiplataforma Qt na Nokia, comentou o processo de aprovação de apps na Ovi Store, e quanto ele custa para o desenvolvedor.

Funciona assim: se seu app para Symbian precisar acessar recursos do seu smartphone (como usar plano de dados ou enviar SMS), ele precisa ser digitalmente assinado. Para publicá-lo na Ovi Store, você precisa comprar uma assinatura digital: o Content ID custa hoje 10 dólares (ou 10 euros, dependendo de onde você esteja). Mas, para comprar um Content ID, você precisa de um Publisher ID, que garante à Nokia que você ou sua empresa é um desenvolvedor confiável. O Publisher ID custa 200 dólares por ano. Mas espere! Publicar seu app na Ovi Store custa 50 euros. (O valor é cobrado somente se seu app for aprovado.) Você pode publicar seu app no seu site e evitar essa taxa, mas vai ser mais difícil para que outros encontrem seu app.

Como funciona a aprovação de apps nas outras grandes app stores? Na iPhone App Store, você paga uma taxa anual de 99 dólares para se registrar como desenvolvedor e enviá-lo para a Apple, para que eles o aprovem (ou não) — não é preciso comprar uma assinatura digital. No Android Market, basta pagar uma taxa única de 25 dólares, aceitando o acordo de distribuição, e você já pode publicar seu app — a assinatura digital aqui é própria, também não precisa ser comprada.

Ou seja, parece ser bem mais fácil publicar seus apps nas app stores "modernas" do que na Ovi Store. Isso pode explicar porque o Gravity, ótimo app para acessar o Twitter no Symbian, demorou meses para aparecer na Ovi Store. Vale lembrar que, mesmo se seu app for gratuito, você precisa pagar as taxas nas lojas.

Conversando com o Espen, ele pareceu indignado com esses custos, principalmente para apps gratuitos, e espera que isso mude em breve. A Nokia parece estar tomando uma atitude: o Content ID custava 20 dólares (ou 20 euros) até semana passada, e agora custa US$10/€10. Mas enquanto eles não simplificarem o processo de aprovação, isso pode continuar impedindo que a Ovi Store cresça — e que o Symbian dê a volta por cima. [Bossa Conference]

 

* O Gizmodo viajou para Manaus a convite do Instituto Nokia de Tecnologia, mas não conversou com boto algum.