A partir do próximo dia 15, as TVs 3D Full-HD da LG que nós já demos uma olhada estarão se exibindo nas lojas da Fnac de todo o Brasil. Duas a três semanas depois elas começarão a ser vendidas, de acordo com a própria Fnac, a preços que irão variar de R$ 7 mil a R$ 15 mil. 

Os modelos que estarão à venda serão a fantástica LX9500 (47” e 55”), LCD com iluminação por LED de 480 Hz de frequência e a linha econômica LEX6500 (42”, 47” e 55”). Detalhe importante: os kits que permitem a visualização 3D (o receptor e os óculos com obturador ativo) serão vendidos separadamente, ainda sem preço definido (cada par de óculos custará R$ 200, pelo que descobrimos com a LG até agora).  

A informação foi passada pela assessoria da própria Fnac, deixando claro que os preços não são finais, mas estão razoavelmente dentro do que imaginávamos (chuto um valor um pouquinho menor para o modelo de entrada). O mais legal é que o release diz que essas TVs são "ideais para canais 3D, jogos e conteúdo em blu-ray". Nada disso – com exceção de algumas possíveis transmissões experimentais em 3D na Copa – estará disponível até pelo menos outubro. Mas se você tem um orçamento razoável e quiser comprar algo agora e não se preocupar em dar um upgrade depois, são modelos a se considerar. 

Curiosidade: há poucas semanas os primeiros modelos de TV 3D Full-HD chegaram ao mercado americano. Pelo que diz o Ars Technica, a Panasonic, com suas novas Plasma 3D, tem vendido mais que os concorrentes, e suas TVs estão esgotadas na Best Buy. Quando estive no Japão e experimentei TVs 3D de diversas marcas, tive a impressão que o plasma, com sua maior taxa de atualização e contraste, era uma tecnologia mais adequada ao 3D. Mas como tive mais tempo experimentando as TVs da Panasonic e vi um trailer do então misterioso Avatar em uma tela de 103” em 3D, leve minha opinião com cuidado.

Mas à medida que os novos modelos de TVs 3D chegarem por aqui vamos testando todos, pegando conjuntivite em nome da ciência, para podermos dizer qual a melhor para você (e eu) comprar.