Isso não resolve meu problema porque é um pacote diário: você precisa consumir os 40MB em até 24 horas. Mas é interessante porque custa bem menos que o plano correspondente da Vivo, que cobra R$12 pelo plano pré-pago diário — e concorrência é sempre bom para nós, consumidores.

O plano fica ainda mais interessante quando vemos o contexto dessa oferta: a TIM está de olho nos clientes pré-pagos, que hoje correspondem a 80% da base da operadora. A ideia do pacote de R$2,90 é possibilitar "que clientes sem acesso à Internet, ou que só a acessam de lan houses, possam se conectar" à internet.

Ou seja, finalmente uma empresa demonstra estar interessada nesse "nicho" de usários que, como eu, não querem (ou não podem) adquirir um plano de voz, mas querem estar conectados à internet a partir do celular. Se logo teremos um plano pré-pago mensal e ilimitado da TIM, não sei. Mas é engraçado que quem ofereceria isso seria justamente a empresa que parecia ter desistido do 3G no Brasil. [TIM]