Lembra do Motocubo? Aquele poliedro que quer fazer você navegar rapidamente por redes sociais mas não tem Wi-Fi ou 3G? Pois bem: estou com o bichinho e a primeira coisa que fiz foi testar sua capacidade de se comunicar rapidamente com o Orkut – um grande apelo com o seu público-alvo. Será que ele consegue fazer isso sem uma conexão rápida através do cliente desenvolvido em parceria com o Google? Temos um vídeo.

 

Sim, tá meio fora de foco (estava sem a filmadora e não consegui configurar o macro), mas dá pra sacar que ele é bem rapidinho na tarefa. A interface pode ser feinha, mas é bem funcional e parece usar pouca banda. A primeira vez que eu entrei no Orkut demorou bem uns 5 minutos pra carregar tudo decentemente. Como você não precisa fechar o programa (é só suspendê-lo), nas vezes seguintes que você entra tudo carrega mais rápido. Então a dica: nunca desligue esse celular. Aparentemente o cache é todo apagado e a coisa fica lenta de novo. Mas com tudo pré-carregado a navegação é impressionantemente rápida. O teclado resolve bem a digitação e a tela, apesar de bem reflexiva, permite uma leitura confortável.

A câmera é sofrível para dizer o melhor, com resolução de 320×240 e posicionamento estranho da lente. Veja o exemplo de uma foto que eu tirei do Silent Bob no escritório e enviei para o Orkut.

Pelo menos dá pra mandar pro Orkut/Twittpic/Picasa ou Flickr sem muita dificuldade. Agora, será que dá pra exigir mais por R$ 549 no pré-pago? A boa solução de interface com o Orkut será suficiente para fazer o telefone da Motorola um sucesso no público adolescente/jovem/sem muita grana? Continuarei o teste e tento responder depois.