A Wired publicou uma grande reportagem sobre a Magic Leap, empresa de realidade mista financiada pelo Google que ninguém sabe com detalhes o que ela faz.

>>> Como você vai interagir com o futuro através do Microsoft HoloLens

O repórter Kevin Kelly ganhou acesso à startup e revelou alguns detalhes sobre o trabalho deles. Tem um headset! E ele é capaz de fazer o que mostra o vídeo abaixo:

A demonstração, postada pela Magic Leap no YouTube, é um pouco de como será o mundo da realidade mista idealizada pela empresa. Vai dar para estudar mapas topográficos do Everest com facilidade ao mesmo tempo que notificações importantes aparecem diante dos seus olhos. E com gráficos refinados – principalmente em comparação com o Mirosoft HoloLens.

Mesmo depois de uma reportagem longa da Wired, continuamos sem saber muito sobre como será esse headset da Magic Leap. Kelly tentou descrever um pouco o que sentiu ao usá-lo:

O usuário vê o mundo externo através do vidro, enquanto os elementos virtuais são projetados a partir de uma fonte de luz na borda do vidro, e refletidos nos olhos do usuário. A Magic Leap diz que o dispositivo é único na forma como dispara luz em direção aos olhos, mas a empresa não explicou mais sobre isso.

Segundo Kelly, como o Magic Leap é um headset de realidade mista, e não realidade virtual, tirar o Magic Leap é tão fácil quando remover óculos de sol. Mas, obviamente, é um dispositivo consideravelmente maior do que um par de óculos – não é algo que dê para carregar por aí, ao menos não no estágio atual.

Apesar de misteriosa, a Magic Leap agradou grandes nomes da indústria como o Google, que investiu mais de US$ 500 milhões na startup há alguns anos. Ainda não sabemos exatamente o que fez o Google se interessar, mas foi alguma coisa bem incrível mesmo.

[Wired]